Horta OrgânicaPermacultura

O que são plantas antagônicas e companheiras?

plantas antagônicas e companheiras

Ao olhar uma horta ou jardim, vemos uma variedade de plantas convivendo umas com as outras. Elas compartilham o mesmo solo, nutrientes e água, exceto quando estão plantadas em vasos separados.

Porém, é possível que em sua horta, algumas plantas não tenha se dado muito bem perto de outras plantas, principalmente quando foram plantadas no mesmo vaso. Isso se deve às plantas serem antagônicas ou companheiras.

Para explicar essa classificação, vamos primeiro ver o que é alelopatia.

O que é a alelopatia?

A alelopatia é a capacidade das plantas de produzirem substâncias químicas que são liberadas pelas raízes, pela água da chuva ou pela decomposição. Elas influenciam as plantas que estão ao redor, de forma favorável ou não.

Por isso, elas são classificadas em  companheiras ou antagônicas. Pois, cada uma produz suas próprias substâncias que podem ou não prejudicar a planta que está ao lado.

Leia mais: 6 plantas que são repelentes de insetos

Plantas companheiras

Algumas plantas se dão muito bem ao serem plantadas num mesmo local. Elas são conhecidas por companheiras.

Uma pode ajudar a outra na utilização da água, da luz, dos nutrientes, na melhor ocupação do solo e também na utilização dos metabólitos secundários (efeitos alelopáticos). O resultado disso se dá em plantas mais saudáveis e bem desenvolvidas.

Plantas antagônicas

Ao contrário das plantas companheiras, as antagônicas não se dão muito bem se plantadas juntas. Isso acontece porque as duas podem precisar dos mesmos recursos (luz, água e nutrientes) em abundância ou alguma delas solta substâncias químicas que prejudicam o crescimento da outra.

Por exemplo, a bananeira e o eucalipto não devem ser plantados juntos, pois os dois precisam de água em abundância. Aliás, as plantas antagônicas também podem interagir com pragas e afastar animais, como é o caso do crisântemo que afasta formigas, baratas e pulgas.

plantas antagônicas e companheiras

Leia mais: 5 flores que afastam pragas da sua horta

Combinação de plantas que pode dar certo

Entre as plantas companheiras, abaixo seguem combinações de plantas que podem conviver num mesmo vaso.

  • tomilho, sálvia e alecrim;
  • alecrim rasteiro e louro;
  • orégano e manjerona;
  • cravo de defunto com qualquer outra planta.

Plantas que podem não dar certo juntas

As plantas a seguir é sugerido que se plante em vasos separados:

  • pimentas;
  • salsinha;
  • hortelã.

A pimenta e a salsinha, ao serem plantadas juntas com outras plantas, ficam mais suscetíveis a doenças. Já a hortelã costuma se alastrar muito, o que acaba matando as plantas que estão com ela no mesmo vaso.

A seguir, está uma tabela com a planta a ser cultivada e suas companheiras ou antagônicas. As informações desta tabela não são regras. Elas devem ser utilizadas como base e você pode testar as combinações.

plantas antagônicas e companheiras
Fonte: Um Jardim para Cuidar

Faça seus testes e nos conte as suas descobertas de plantas companheiras e antagônicas nos comentários.

Charlene Peruchi
escrito por:Charlene Peruchi
Uma sonhadora, que acredita num mundo melhor e nos seres humanos vivendo em harmonia com a Natureza. Amante da fotografia, do artesanato e de músicas incomuns, diz que não viveria por muito tempo sem a arte na sua vida. Vegetariana por amor ao próximo e praticante de Yoga por amor a si. Em resumo, é um ser complexo que gosta da vida simples.

3 Comentários

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: