Horta OrgânicaSustentabilidade

Guia completo de como cuidar das suas suculentas

suculentas

Embora as suculentas sejam resistentes e umas das plantas mais simples de cuidar, é fácil causar um desequilíbrio e matá-las. Mas com a combinação correta de água, luz e solo, suas suculentas, estejam elas na área externa ou interna, vão florescer e prosperar.

Essas plantas proporcionam uma linda decoração. Elas são perfeitas para pessoas minimalistas que não gostam de plantas com muita manutenção.

Para ajudar os jardineiros de primeira viagem que resolveram ter uma suculenta em casa, vamos dar dicas de como cuidar de forma adequada dessas pequenas plantas. Assim, como resolver problemas referentes a elas.

Suculentas que estão dentro de casa

Ter plantas dentro de casa é ótimo para purificar o ambiente e dar mais cor a ele. Mas se você está cuidando de uma suculenta pela primeira vez ou já deixou alguma morrer dentro de casa, saiba que elas precisam de ar fresco.

Escolhendo as suculentas

Apesar de a maioria das suculentas gostarem de muito sol, algumas se adaptam a lugares com uma quantidade reduzida de luz. Evite as suculentas que tem tons em roxo, vermelho e laranja, pois elas não irão florescer com pouca luz direta.

Procure por suculentas que se dão melhor em ambientes internos, como Jade, Babosa, echeveria e planta zebra.

suculentas

Leia mais: Como fazer uma guirlanda de suculentas para o Natal

Recipiente

As suculentas precisam ficar em um vaso que possibilite uma boa drenagem da água, pois se as raízes ficarem muito tempo numa terra encharcada, elas apodrecem. Então, prefira vasos de cerâmica, barro ou que tenha furos na sua base.

Se sua suculenta veio em um vaso de plástico, sem nenhum furo na base coloque-a em um vaso que tenha uma drenagem melhor.

Os terrários de vidro não são os melhores recipientes para as suculentas, pois eles não têm uma boa drenagem e não deixam a suculenta se desenvolver de forma saudável.

Mas se você quer ter um terrário com suculentas, o que pode ser feito é colocar uma boa camada de pedrinhas no fundo, depois carvão em pedaços e, por fim, terra e as suculentas. Assim, a água em excesso fica na base, onde estão as pedrinhas.

Cultivo do solo

A suculenta apodrece em solo errado que retém muita umidade. Na natureza, elas são encontradas em climas áridos, que recebem bem pouca chuva, em solos que retêm pouca quantidade de água. Então, assim deve ser com sua suculenta em casa.

Por isso, evite plantar as suculentas diretamente na terra pronta de jardim. Procure fazer uma mistura com terra e outros tipos de solo que são mais leves e retém pouca água, como a perlita. Para isso, misture 1: 1 de solo e perlita.

Dedique esse tempo para garantir que o solo da sua suculenta não vai matá-la por excesso de água.

Luz

Como a suculenta é uma planta de clima árido, ela precisa pegar luz direta do sol. Por isso, procure fazer com que sua suculenta receba, pelo menos, algumas horas de luz solar por dia.

Tente colocá-la no peitoril da janela ou em outra área que você tem certeza que vai receber luz do sol pelo menos a maior parte do dia. Se você observar sua suculenta e notar que suas folhas estão com muito espaço entre uma e outra, é provável que esteja faltando sol. Então, transfira ela para um lugar com mais sol.

Mas se suas suculentas estão apresentando algumas queimaduras nas folhas, elas estão recebem muito sol, que está queimando as folhas. Neste caso, coloque elas em um lugar que receba menos sol.

Leia mais: 13 Plantas para usar no banheiro

Rega

As suculentas são mais resistentes à seca, por isso não é preciso manter o solo sempre encharcado. O importante é regar, esperar até o solo estar quase seco e regar novamente. Manter esse ciclo de regar e quase secar é importante.

Caso você esqueceu de regar e a terra se desgrudou da parede do vaso é necessário regá-la bem até voltar a ficar bem hidratada e depois voltar com o ciclo de rega.

Por outro lado, se a terra nunca seca, é preciso verificar a relação de solo com perlita ou replantar a suculenta em um vaso com furos suficientes para a drenagem.

suculentas

5 razões pelas quais as suas suculentas continuam a morrer

Embora as suculentas sejam simples de serem cultivadas, elas também precisam de atenção e condições equilibradas para crescerem. Isso não significa que elas precisam de alta manutenção.

Se elas tiverem a quantidade de sol e água adequada, elas vão crescer de forma saudável. Mas se alguma coisa estiver em desequilíbrio, elas vão sentir. Vamos ver alguns dos problemas que mais ocorrem com suculentas e ver qual a solução para eles.

Água em excesso

Quantidade de água em excesso podem matar as suculentas. Elas começam a amarelar e apodrecer.

Então, se você notar água sobrando no prato que fica sob o vaso ou a terra muito encharcada, pare de regar. Dê para a sua suculenta alguns dias para que a terra do vaso seque um pouco. Espere até que o solo esteja todo seco, para então voltar a regar. Se tiver sorte, conseguirá salvar a suculenta.

Pouca rega

Não é porque as suculentas gostam de climas áridos que não é preciso regá-las. Elas precisam de água. Então, regule a frequência com que você rega as suculentas.

Em caso de pouca rega, as folhas vão secar ou parecerem enrugadas. Nesse caso, molhe o solo do vaso até que a água saia pelos orifícios da base para encharcar bem a terra. Assim que o solo secar novamente, volte a regar a suculenta.

Condições inadequadas do solo

Como já havíamos estabelecido, as suculentas devem ter um solo bem equilibrado para sobreviver. Se a sua planta não estiver ótima, recoloque-a em um solo devidamente preparado para suculentas com orifícios de drenagem adequados nos vasos.

Leia mais: 13 Plantas para purificar o ar da casa

Luz em excesso

Se as suculentas começarem a apresentarem manchas pretas ou brancas, é preciso observar, pois pode ser luz de mais que ela está recebendo.

Nem todas as suculentas gostam de muito sol. Faça uma pesquisa sobre o tipo que você tem para determinar qual é a melhor quantidade de luz solar. Muitas só preferem sol parcial ou a luz do amanhecer/noite.

suculentas

Pouca luz

Se as suas suculentas estão com as folhas muito espaçadas ou estão perdendo a cor, é provável que estejam recebendo pouca luz. Então, posicione-as em lugares que recebem maior quantidade de luz solar.

Fazendo mudas de suculentas

A maioria de suculentas que tem folhas produzem novas mudas por meio das folhas. Para isso retire algumas folhas e coloque sobre um vaso com terra. Em poucos dias você vai ver que elas começarão a brotar. Assim que tiverem com raiz e um bom brotinho, transplante para um vaso próprio.

Outras suculentas só produzem mudas por meio de brotos que crescem ao redor da planta. Então, assim que eles estiverem fortes é só arrancá-los com cuidado e transplantar para um vaso.

Agora que você sabe tudo sobre as suculentas, continue aumentando sua coleção. Comece uma jornada alegre descobrindo novas suculentas para você amar e cuidar.

Traduzido e adaptado de Natural Living Ideas.

Charlene Peruchi
escrito por:Charlene Peruchi
Uma sonhadora, que acredita num mundo melhor e nos seres humanos vivendo em harmonia com a Natureza. Amante da fotografia, do artesanato e de músicas incomuns, diz que não viveria por muito tempo sem a arte na sua vida. Vegetariana por amor ao próximo e praticante de Yoga por amor a si. Em resumo, é um ser complexo que gosta da vida simples.

7 Comentários

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: