AlimentacãoVida Natural

Um aniversário vegano para mudar hábitos

aniversário vegano

A história de um aniversário vegano e uma jovem que quer mudar o mundo

Quando você pensa em aniversário, o que vem a sua cabeça? Quase sempre pensamos em festa, bolo, presentes e outras pequenas alegrias que o dia do nosso aniversário nos reserva. Porém, algumas pessoas vão um pouco além delas mesmas e resolvem usar esse dia tão especial para transmitir uma mensagem.

Esse foi o caso de Cristina Diniz, que decidiu comemorar seu 26º aniversário convidando seus amigos a compartilhar com ela a sua experiência como vegana. Vegetariana há três anos e vegana há dois, Cris sentia que o melhor presente que seus familiares e amigos poderiam lhe dar era viver o dia do seu aniversário sem consumir nenhum alimento de origem animal.

Foi essa a sua motivação para criar um evento no Facebook chamado “Cristina’s meat free birthday”, no qual convidava as pessoas a não consumir nada de origem animal no dia do seu aniversário. Atualmente, Cris mora em São Paulo e trabalha com pesquisa em uma instituição de pós-graduação para a inovação social. Graças a sua experiência de vida e também laboral, ela organizou o evento ao redor de uma teoria de mudança de comportamento.

Eu estou pesquisando sobre isso e decidi aplicar uma dessas teorias, que estuda o efeito de você parar de fazer uma coisa só por um dia, sem um compromisso pro resto da vida. Isso tem um efeito muito grande no seu cérebro, muito maior às vezes que você parar por dois meses, por exemplo.

Leia mais: Aprenda o segredo do hambúrguer vegano

 A mudança para uma vida vegana

Enquanto convidava amigos e conhecidos para participar do seu aniversário sem carne, Cris foi gerando conversas e contando mais do seu processo para abolir os alimentos de origem animal de sua vida. “Eu parei de comer carne em 2014, fui diminuindo aos poucos. Até que chegou ao ponto em que fui organizar um churrasco de aniversário para mim e quando vi a cozinha ficou repleta de sangue, me senti desesperada e soube que não poderia mais comer carne”, conta ela. Junto com seu namorado Gabriel, Cris começou a viver o processo de banir a carne de sua alimentação diária. “No começo a gente não tinha muita informação, então acabamos comendo muita lentilha, muita batata, engordamos bastante!”

Ambos foram se informando e conhecendo mais pessoas na mesma situação, e aos poucos foram entendendo que é possível ter uma dieta balanceada e saudável sem depender dos animais. Depois de assistir ao documentário“Cowspiracy”, o casal tomou a decisão de cortar os laticínios também. E há quase dois anos atrás conseguiam alcançar o objetivo de ter uma dieta 100% vegana. “Muitas coisas melhoraram: a gastrite que eu tinha diminuiu um 90%, assim como sinusite e rinite. Foi só coisa positiva!”. Cris aprendeu muito sobre os alimentos e também descobriu que poderia cozinhar coisas muito saudáveis e gostosas sem causar, indiretamente, sofrimento aos animais.

Resultados do aniversário vegano

Cerca de 160 pessoas participaram do dia especial da Cris, das quais 60 conseguiram completar o dia 100% sem carne. Uma das principais dificuldades que seus amigos comentaram em um formulário que ela enviou a todos os participantes do evento foi a socialização, já que na maioria dos eventos e confraternizações os alimentos mais comuns são pizza, churrasco e outros derivados. “No começo é meio difícil lidar com isso, as pessoas te tratam diferente. Pra mim essa é a parte mais difícil”, diz Cris. Outras dificuldades são a falta de informação ou claridade sobre a composição de vários alimentos. É preciso ler muito bem os rótulos para descobrir se existem ingredientes de fonte animal!

Como resultado do evento, muitas pessoas comentaram que abriram suas mentes. Depois do niver, muitos agora sabem que ser vegano está longe de ser algo impossível, o que era exatamente o objetivo de Cris. Outros contaram as dificuldades em ser vegano e como é complicado comer fora ou comprar comida pra fazer em casa, já que quase tudo tem origem animal. “E por que isso? Por que é tão lucrativo pras empresas se aproveitar dos animais? Ainda mais na América Latina, onde o lobby das fazendas ainda é muito grande. Mas isso já tá mudando!”, questiona a jovem.

Leia mais: Aprenda a fazer um delicioso bolinho vegano de lentilha

Inspiração

No dia do aniversário, a timeline do evento ficou repleta de comentários. Muitos participantes compartilharam sua experiência, motivando os demais e pedindo dicas. Várias receitas muito gostosas e totalmente veganas foram postadas lá! Para que você também se inspire e, por que não, decida viver seu próprio dia sem carne, essas são algumas fotos das refeições que a galera experimentou no aniversário da Cris!

Nhoque de espinafre com manjericão, champignon, alho poró e azeitona preta no molho ao sugo.

 

Torta de quinoa, feijão e salada.
Feijão, cenoura, brócolis e couve flor, abóbora, salada verde e chutney de manga.
Risotto de abobrinha com ervilha com aspargos verdes ao vapor.

Se inspire nessa história e repense sua alimentação e seu estilo de vida.

Regiane Folter
escrito por:Regiane Folter
Sigo minha vida escrevendo e vivendo, pra ter sobre o que escrever. Sou filha, irmã, companheira, amiga, mãe de catioros e gatíneos. Também sou poetisa de fim de semana, sonhadora compulsiva e leitora serial. Comecei a escrever quando ainda nem sabia direito falar. Depois aprendi a viajar e a viver minhas histórias antes de publicá-las. Espero um dia viver das coisas que escrevo para ter mais tempo pra estar com quem amo, cuidar de quem precisa e ter a infinita sorte de aprender mais sobre o mundo.

Deixe um comentário