Jardim do Mundo
menu
Jardim do Mundo
diynaturaldeodorant4-e1367972435817

Procurando por uma alternativa saudável aos desodorantes industriais, famosos por conter os tais sais de alumínio e mais um monte de produtos químicos que podem ser prejudiciais a saúde, tentamos um pouco de tudo –  sprays, líquidos roll-on e cremes de inúmeras marcas – mas, no final de um longo dia ou de um esporte mais intenso, há, inevitavelmente, um momento em que percebemos que o desodorante natural simplesmente não funciona como a marca anuncia.

Ultimamente temos notado um crescente interesse entre leitores e amigos sobre os desodorantes caseiros, mas sempre acabando por rejeitar o desodorante natural, ineficaz em combater cheiro ou umidade. Quando finalmente chegamos a essa mistura, nos espantamos com os resultados – inodoro, axilas secas, com um leve aroma a lavanda, que durou o dia inteiro, com uma pedalada incluída! Mal sabíamos que a melhor solução era a mais simples. Experimente e veja por si mesmo como funciona bem.

Receita de desodorante caseiro

3 colheres de sopa de óleo de coco virgem
2 colheres de sopa de manteiga de karité
3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio
2 colheres de sopa de amido de milho
5 gotas de óleo essencial (lavanda, laranja, etc.)

Bicarbonato-e-maizena-desodorante-500x325

Faça um banho-maria com um pequeno frasco de vidro. Leve ao fogo. Adicione o óleo de coco e manteiga de karité no frasco e deixe derreter e misturar. Desligue o fogo, adicione o bicarbonato de sódio e o amido de milho, e mexa até que a mistura esteja completamente lisa. Misture o óleo essencial de sua escolha (lavanda, laranja…). Deixe esfriar e transfira para um recipiente.

À temperaturas mais frias o resultado da consistência pode variar entre o pastoso e o duro, o ideal é que a mistura esteja a uma temperatura constante. Utilize o creme aplicando diretamente sob minhas axilas, onde derrete e é absorvido. Pode-se manter o desodorante na geladeira, caso o calor liquefizer a mistura.

(Até agora não temos notado qualquer coloração em roupas, mas se você estiver preocupado, talvez seja uma boa ideia aguardar alguns minutos após a aplicação do desodorante.)

Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo

Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

12 Comentários

  • Tenho usado um natural presenteado por uma amiga bem parecido com este, ela usa o óleo essencial de melaleuca, pois é um ótimo bactericida, logo auxilia a não ficar com mal odor, e olha, com o calorão louco que tá fazendo aqui em SP, tá totalmente aprovado!!!!!! Estou mto feliz com o resultado!!!!!

  • uma boa leitura ou um video no youtube é sobre o sisteminha embrapa para produção de alimentos do consumo familiar.vale a pena ver

  • Depois de testar várias receitas com bicabornato eu descobri que eu sou alérgica! Minhas axilas ficam praticamente em carne viva. Alguém sabe se só amido funciona? acredito que araruta substitui bem o amido, no caso de alguém não querer usar nada transgênico. Beijos

  • Olá, parabéns pela matéria! Eu uso há mais de ano uma versão simplificada desse desodorante, e também funciona muito bem. Apenas óleo de coco, uma pitada de bicarbonato de sódio e quando tenho gotas de algum óleo essencial (preferência por lavanda, sálvia e alecrim). Meu companheiro usa também e aprova, mas ele usa sem óleos essenciais e coloca um pouco mais de bicarbonato do que eu. Abraços!

  • Oi, eu uso um feito com leite de magnésia, argila branca e óleo essencial de melaleuca (tea tree), funciona muito bem também.

  • Vou fazer o experimento aqui em casa, obrigada pela dica. Só uma resalva quanto as óleos essenciais: não se deve colocar óleos essenciais cítricos, uma vez que são fotossensibilizantes, tal como alguns outros óleos específicos. Caso a pessoa não planeje expor a área no sol, ok. Mas no caso de as vezes estar de regata por exemplo, não é indicado.

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos