Jardim do Mundo
menu
Jardim do Mundo
LeituraVida Natural

Sincronário da paz, surpreenda-se com o Tzolkin (Calendário Maia)

6

O sincronário de 13 luas de 28 dias é um mecanismo que cria uma ampliação da consciência, é a chave para a salvação do planeta.  É um caminho de autoconhecimento que nos permite passar da terceira dimensão – limitada – para a quarta dimensão – ilimitada, onde está presente o tempo sincrônico, a sincronicidade.

A presente matéria tem a intenção de compartilhar e propagar um grande conhecimento ao qual tive a oportunidade de ter acesso. Venho experimentando no meu dia a dia e estou tendo o grande prazer de usufruir da energia de ondas galácticas que se expandem o tempo todo sobre nós.

É incrível, como a cada dia minha percepção vem mudado em relação ao tempo e como esta maravilhosa ferramenta vem me auxiliando no desapego do ego e da mente.

Entenda a base do sincronário

Os mestres maias eram considerados engenheiros sincronizadores do tempo, registraram a natureza precisa dos muitos ciclos de tempo, nos quais, a Terra está envolvida como corpo planetário de um sistema galáctico. Eram grandes especialistas em calendários, eles conheciam o ciclo da mente planetária e a base do tempo sobre a qual opera o código genético. Eles sabiam que a quarta dimensão era regida pelo tempo, sendo assim, é radial e dispara, simultaneamente, em todas as dimensões, o agora sempre presente e toda a simultaneidade.

Os grandes mestres maias possuíam o conhecimento das diferentes dimensões e acreditavam que a  dimensão do tempo é a dimensão intermediária entre a dimensão da matéria 3D e a dimensão do espírito 5D.

A função desta 4° dimensão é uma função da mente e poderá ser percebida pela mente através da mudança de calendário gregoriano para o sincronário da paz.

[Permacultura: um estilo de vida por um mundo melhor]

Quais são as diferenças entres ambos?

A base do sincronário é a Lei do Tempo, onde o tempo é a frequência de sincronização universal. Sua fórmula é T(E)=Arte.

A energia fatorada pelo tempo é igual à arte, significa que tudo no universo é uma obra de arte. A arte pode ser definida pelo resumido conceito de equilíbrio estético e elegância.

Foi descoberta em 1989 pelo doutor José Arguelles, a partir do Tzolkin (contagem dos dias) da cultura Maia. Conhecido como calendário, é um instrumento para medir o tempo e serve para organizar a sociedade humana.

Ao utilizá-lo em nosso dia a dia, começamos a eliminar a nossa percepção deformada do tempo e a detectar o seu caráter sagrado e de tudo o que nos rodeia.
A magia do tempo se faz consciente em nós porque na quarta dimensão se abrem as suas espirais, que nos permitem um relacionamento harmonioso com o todo e com todos através da telepatia.

O tempo é o fator de unificação, nos sincroniza, por isso usamos a palavra sincronário.

A palavra calendário vem de Calenda, o livro de cobranças de impostos, utilizado no início da civilização pela monarquia para arrecadação de impostos em favor do rei.

Quando começou a história na Babilônia, Suméria, Oriente Médio, foi sacrificado o conhecimento do anel solar por um enfoque no calendário sinódico lunar, o qual não tem nada que ver com o anel solar.

Os babilônios destruíram o conhecimento do calendário que continha o conhecimento da órbita solar. Ao aniquilar tal conhecimento, também eliminaram a base das percepções cósmicas. É por isso que é necessária a mudança do calendário nesta abertura de novo ciclo.
No novo mundo, a destruição do conhecimento maia do tempo se completou mediante a reforma do calendário feita pelo Vaticano em 1582, quando se impôs o calendário gregoriano que é usado atualmente por quase toda a humanidade.

[Telhado é feito com 7 mil garrafas PET]

O calendário gregoriano é desarmônico e irregular, porque possui meses irregulares e a sua contagem de tempo não sincroniza com nenhum ciclo da natureza. Toda unidade de medida deve ser regular, como a régua, por exemplo.

Ao utilizar meses de 29, 30 e 31 dias, utilizamos uma forma desarmônica e irregular para medir o tempo. Além da desconexão dos ciclos da natureza e da irregularidade dos meses, o calendário gregoriano confunde os usuários ao utilizar a palavra Setembro – de sete, para o mês nove, a palavra Outubro – de oito, para o mês dez, a palavra Novembro – de nove, para o mês onze e a palavra Dezembro – de Dez, para o mês doze.

A dimensão do tempo envolve a dimensão da matéria cósmica, terceira dimensão, produzindo a informação que a matéria cósmica necessita para desenvolver-se através dos ciclos contínuos da evolução.

Tzolkin

Características do Tempo

  • O tempo é fractal (uma pequena parte que representa o todo);
  • O tempo é radial (que se expande do centro);
  • O tempo é cíclico (circuitos completos ciclicamente);
  • A velocidade do tempo é instantaneamente infinita;
  • O corpo é limitado pelo espaço;
  • A mente é liberada pelo tempo.

Eles sabiam que o tempo (a 4ª dimensão) é radial e dispara simultaneamente em todas as direções desde o agora sempre presente, esta simultaneidade.

O radial do tempo cria um todo, um inteiro, com funções de sincronia cada vez mais complexas. O tempo tridimensional (linear, que surge da utilização do calendário gregoriano) é plano como um disco. A distorção do tempo linear é como um só galho, finíssimo, da holosfera completa do tempo quadridimensional.

Isto gera em nossa mente uma percepção desordenada e fragmentada da realidade.

“Assim como o ar é a atmosfera do corpo, o tempo é a atmosfera da mente. Se o tempo no qual vivemos consiste em meses e dias desiguais, regulados por minutos e horas mecanizadas, é nisto que se transforma nossa mente: uma irregularidade mecanizada. Como tudo procede da mente, não é de admirar que a atmosfera em que vivemos se torne mais poluída diariamente, e que a maior reclamação seja: “Não tenho tempo!” Quem quer que seja o dono de seu tempo, é dono de sua mente. Seja dono de seu próprio tempo e conhecerá sua mente.”

(Argüelles, José,1939 – O chamado de Pacal Votan – O Tempo é a quarta dimensão; [tradução AnaGláucia Costa Pereira Ceciliato]. – São Paulo : Ground, 1998.)”

[O incrível mundo da engenhosidade animal]

A cosmologia do tempo

O tempo é uma frequência que somente é percebida pela mente. A frequência de tempo natural se expressa através da proporção matemática 13:20 (O módulo harmônico é representado pelo Tzolkin, o calendário sagrado dos maias, são 20 frequências solares e 13 tons galácticos, que são grandes fluxos de energia que banham o nosso planeta a cada 24 horas).

E a frequência de tempo artificial se expressa através da proporção matemática 12:60 (Origem Calendário de 12 meses e hora de 60 minutos). A frequência de tempo natural é uma constante conhecida como a Lei do Tempo (T(E) = Arte). Tempo fatorado por energia é igual a arte.

A lei do tempo demonstra que toda a natureza observada possui um padrão estético sendo uma obra de arte em constante transformação harmônica. A dimensão do tempo é a dimensão intermediária entre a dimensão da matéria 3D e a dimensão do espírito 5D.

Módulo Harmônico
Módulo Harmônico

Conheça um pouco mais sobre o Tzolkin

O Tzolkin é o calendário sagrado dos Maias, uma matriz conhecida como a tabela periódica do tempo.

Tzolkin significa conta dos dias e possui um ciclo de 260 dias que é o resultado da multiplicação de 13 tons por 20 selos solares.

A combinação dos 20 selos solares com os 13 tons gera as 260 unidades do Tzolkin, conhecidas como assinaturas galácticas ou Kins. Cada dia na contagem das 13 Luas é também um kin.

O Tzolkin é a frequência 13:20, o movimento vibratório do tempo natural que o universo é mantido na ordem sincrônica. A frequência 13:20 está no nosso corpo. Os 13 tons estão nas 13 articulações principais e os vinte selos estão nos 20 dedos de pés e mãos.

O Tzolkin também é presente na gestação humana, 260 dias + 13 é o ciclo médio da gestação. O Tzolkin possui um tear de 52 dias conhecidos como portais de ativação galáctica. É o desenho geométrico que sincroniza o Tzolkin com o ciclo lunar de 13 luas de 28 dias e as 52 semanas do ano.

Ao somar os 4 extremos dos portais de ativação galáctica observamos que o resultado é 28 (número de dias em uma lua), repetindo 13 vezes (número de luas em um ano). Os 52 portais de ativação galáctica também produzem a expressão geométrica do tempo.

O Tzolkin está formado por cinco castelos de 52 dias, 5 x 52 é igual a 260. Cada castelo é formado por 4 ondas encantadas (ciclos de 13 dias).

Os castelos são:

Castelo Vermelho Leste do Girar
Corte do Nascimento: Inicia o Guerreiro.
Ondas Encantadas: do Dragão, Mago, Mão e Sol

Castelo Branco Norte do Cruzar
Corte da Morte: Refina o Guerreiro.
Ondas Encantadas: do Caminhante do Céu, Enlaçador de Mundos, Tormenta e Humano.

Castelo Azul Oeste do Queimar
Corte da Magia: Transforma o Guerreiro.
Ondas Encantadas: da Serpente, Espelho, Macaco e Semente.

Castelo Anarelo Sul do Dar
Corte da Inteligência: Amadurece o Guerreiro.
Ondas Encantadas: da Terra, Cachorro, Noite e Guerreiro.

Castelo Verde Central do Encantar
Corte da Sincronização: Sincroniza o Guerreiro.
Ondas Encantadas: da Lua, Vento, Águia e Estrela.

Calendário maia
Calendário Maia – Fonte: http://www.webexhibits.org

O Tzolkin em seus 260 kins representa a compressão fractal de um ciclo maior, o ciclo evolutivo do sistema solar. Por isso, sabemos que o Tzolkin é uma matriz galáctica que está medindo o tempo radial e fractal dos ciclos solares e galácticos.

A matriz de tempo que foi empregada na humanidade é uma matriz que condiciona, que é baseada na proporção do tempo por produção. A milhares de anos atrás, a humanidade se guiava na matriz do tempo, de acordo com os ciclos naturais do planeta e com sua conexão galáctica. Quando, em certo momento da história, o nosso calendário foi modificado, simultaneamente, foi modificado também a nossa estruturação de tempo, tirando a nossa real percepção da 4° dimensão.

O objetivo do sincronário da paz é multiplicar essa informação, para nos libertarmos do condicionamento da mente e nos reconectar com a ordem natural das coisas.

Trechos retirados da cartilha Aprendendo a Lei do Tempo

Saiba mais em Sincronário da Paz

Calcule aqui seu Kin segundo o Tzolkin dos Maias: Calcule

Agradecimentos:

Agradeço, mais uma vez, à amizade e companheirismo do querido Ton Borim, terapeuta holístico, por compartilhar comigo o conhecimento adquirido sobre o calendário maia e ter despertado em mim a vontade me aprofundar no assunto e me estimular à seguir o fluxo de tempo natural da humanidade.

Sula Camara
escrito por:Sula Camara

Sou profissional da área de Marketing e atuo como coaching. Apaixonada pela vida criei o projeto motivacional SER Transcendental.

2 Comentários

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos