AlimentacãoReceitas

Geleia Caseira de Pera com Gengibre e Limão

collage

Nós simplesmente amamos geleias. Desde que aprendemos a alquimia de fazer geleias, dificilmente compramos pronta.

Venha com  a gente! Não se renda à preguiça e ao marketing das grandes marcas que te fazem acreditar em coisas que muitas vezes vão contra aos seus valores. Tenha opinião e convicção. E convenhamos que são atitudes simples como fazer uma simples geleia que servirão de exemplo para o mundo, os seus filhos, os seus amigos, parentes…

Todo trabalho de descascar e preparar a fruta, o cheirinho que fica na casa, esperar pelo ponto do açúcar é como se fosse uma meditação para nós. Como não gostamos de geleias muito doces fazemos quase sempre a mesma proporção: um quilo de fruta para meio de açúcar (às vezes até menos) e depois é só ir experimentando com os diversos sabores!

[Receita de Família: Geleia de Morango com Pimenta]

Hoje  iremos ensina-los a fazer uma deliciosa geleia de Pera com Gengibre e Limão. Por favor, lembre-se de dar prioridade para as frutas da estação, a época da pera no Brasil é entre janeiro e março.

Ingredientes

1kg de Peras maduras mas firmes
500g de Açúcar Demerara
100ml de Água
1 Pau de Canela
Raspa da casca de 1 Limão
1 pedaço de Raiz de Gengibre picada (mais ou menos o tamanho de um polegar)

[Aprenda com conservar alimentos orgânicos o ano inteiro]

Preparação 

Lavar, descascar e cortar as peras em pedaços.
Juntar todos os ingredientes numa panela grande.
Deixar levantar fervura e baixar para fogo baixo.
Mexer de vez em quando até o açúcar atingir o ponto certo.
Colocar a geleia ainda quente em frascos esterilizados (eu encho-os com água e coloco no microondas por 3 minutos para esterilizar).
Fechar e virar os frasco para baixo para criarem vácuo

Os 11 passos para não errar

O pior que pode acontecer com sua geleia é que o caldo desande. Mas para evitar que isso aconteça, reunimos onze dicas que vão garantir que tudo dê certo. Leia com atenção para poder preencher potes e mais potes de fruta conservada no açúcar – no ponto correto, pronta para se esparramar sobre uma fatia de torrada quente.

1. Não mexa muito sua geleia: mexendo, ela pode cristalizar e ficar mais resistente na hora que for espalhar.

2. Use fogo médio no início: caso comece a pegar no fundo, diminua um pouco a intensidade da chama.

3. Não use panelas de alumínio. Elas tendem a provocar alteração no sabor e na cor da geleia durante sua feitura.

4. Esterilize o recipiente (e a tampa) que vai receber a geleia. Isso ajuda a preservar o conteúdo e estender a validade da conserva.

5. Se a quantidade produzida não for grande, a geleia dura cerca de dez dias na geladeira, sem fechamento hermético do recipiente.

6. Ao cozinhar a fruta, retire a espuma que se forma na superfície. Ela concentra as impurezas da fruta. Para ajudar, use uma escumadeira.

7. A maioria das conservas engrossa depois de fria. Lembre-se disso e coloque nos frascos logo depois que retirar do fogo.

8. Para saber o ponto correto ponha a geleia (antes que ela engrosse na panela) em uma colher e deixe no congelador por alguns minutos. Quando tiver esfriado, tire do congelador e aperte com o dedo: a geleia deve estar consistente e resistir à pressão.

9. As frutas devem estar maduras. Fruta verde não dá geleia boa – e nem as muito passadas. Evite também as frutas muito machucadas. Para fazer geleia, a fruta deve estar no seu auge: madura e ainda firme.

11. Açúcar é um ingrediente primordial em geleias – preserva e dá corpo. Mas pode anular o sabor da fruta. Por isso, alguns chefs alteram a proporção clássica de açúcar (que deve ser equivalente à da fruta), por isso também é interessante você  ir adicionando açúcar aos poucos e observar a geleia. Quando atinge o ponto, para de colocar açúcar.

Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo

Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos