BikeEntretenimentoViagem

Fotógrafo vende tudo para viajar de bike pelo mundo

a

Essa é mais uma daquelas histórias inspiradoras que podem fazer você repensar suas prioridades de vida. A experiência é a do fotógrafo e escritor Rob Lutter. Ele estava insatisfeito com a vida em Londres, capital da Inglaterra. Foi quando ao ler o livro The Man Who Cycled the World, há cerca de dois anos, descobriu a inspiração que precisava.

[Conheça mais histórias inspiradoras come essa clicando aquiaqui aqui]

Lutter, simplesmente vendeu tudo o que tinha para viajar pelo mundo de bicicleta, acompanhado de sua fiel escudeira: a máquina fotográfica. A ideia do inglês é visitar quatro continentes do mundo e percorrer mais de 40 países.

rob-1.jpg

“Até agora, a aventura me levou da costa do Atlântico para o Pacífico, entre os Alpes, ao longo do Mediterrâneo, por meio dos escaldantes desertos da Ásia Central e até sobre o Himalaia. Cheguei a Hong Kong e estou levantando fundos para o próximo estágio da jornada em direção ao Equador”, explicou Lutter, no final de setembro, no Ciclo da Vida, site em que conta a sua história.

rob-2.jpg

No total já foram percorridos mais de 15 mil quilômetros (km), e ainda faltam mais 40 mil km. Para isso, o fotógrafo precisava de mais recursos financeiros e decidiu se cadastrar no site Kickstarter, onde solicitou 5.750 mil dólares e conseguiu arrecadar mais de oito mil no final do período do financiamento coletivo. Também é possível continuar ajudando o aventureiro pelo site Ciclo da Vida.

rob-4.jpg

Por onde Lutter já passou?

  • Setembro de 2011: Deixou Londres;
  • Outubro de 2011: Atravessou os Alpes, no final do verão aproveitou as montanhas da Suíça e do norte da Itália;
  • Janeiro de 2012: Chegou em Istambul;
  • Agosto de 2012: Escalou o Himalaia: “Depois de meses montando os desertos da Turquia e Ásia Central, cheguei no Quirguistão e na base do Himalaia.”
  • Janeiro de 2013: Iniciou a viagem por Hong Kong.

“Imagine: Você acorda em uma barraca, ao lado de um rio, em uma floresta. O sol brilha. O mundo é brilhante. A natureza está cantando e um dia de ciclismo por toda esta maravilha está por vir” – Rob Lutter em Ciclo da Vida.

 

 

Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo
Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

1 Comentário

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos