AlimentacãoSaúdeVida Natural

6 dicas de como ser mais com menos

Ser mais com menos é saber simplificar sua vida e viver de verdade. Viver com menos cria tempo e abre espaço para descobrir o que realmente importa. Quando você remove da sua vida as coisas que não são necessárias e concentra-se apenas nas melhores coisas, ao invés de todas as coisas, você pode criar uma vida com mais poupanças e menos dívidas, mais saúde e menos estresse, mais espaço e menos coisas, mais alegria com menos obrigação.

Quem escreveu essas definições sobre “ser mais com menos” foi a escritora e fotógrafa Courtney Carver. Em 2006, ela foi diagnosticada com esclerose múltipla e isso teve um enorme impacto na vida dela. Ela trabalhava demais, gastava demais e dormia muito pouco. Passava muito tempo cansada, estressada e doente. Inspirada por esse diagnóstico ela decidiu criar o projeto Be More with Less, onde ela compartilha inspirações para simplificarmos a nossa vida e vivermos com mais amor e também criou o Projeto 333, um desafio de moda minimalista.

Em uma de suas reflexões ela nos questiona: “Como foi seu dia de ontem ou anteontem? Você se lembra do que aconteceu? Como você se sentiu? Com quem você passou algum tempo, o que viu, ouviu, provou ou experimentou? Você se lembra do que te levou às lágrimas ou ao riso?” Se você não consegue se lembrar de nenhuma dessas coisas sem precisar olhar para a sua agenda ou consultar o seu celular, pode ser que você não esteja vivendo o momento presente e esteja apenas correndo contra o relógio e cumprindo tarefas.

Ela compartilhou as principais mudanças que ela fez na vida dela que a permitiram estar totalmente no momento presente, naquilo que interessava para ela. A lista não está descrita por ordem de importância e a recomendação é que possamos experimentar, que sejamos curiosos e gentis conosco, para que possamos viver com todo o nosso coração.

1. Criar espaço

Quando tudo é importante, nada é. Comece a estar presente na sua vida, criando espaço para isso. Abra espaço limpando algumas distrações no ambiente onde você vive, no seu espaço de trabalho e na sua agenda. Isso não significa que você tenha que se livrar de tudo. Se você conseguir reduzir 5% já fará uma diferença. É importante criar espaço dentro de você e no seu exterior.

Viver com menos

2. Comer melhor

É difícil estar presente na sua vida quando você está cansado, sem clareza ou não se sente bem. Isso quase sempre está relacionado à comida. O que você come tem um impacto direto em como você se sente e como experimenta sua vida. A ideia não é recomendar uma dieta específica, mas que você preste atenção e aprenda quais alimentos fazem você se sentir melhor (e pior). Experimente uma reeducação nutricional, eliminando alimentos comuns como açúcar, produtos lácteos, grãos, álcool e outros. Observe como você se sente quando os adiciona de volta à sua dieta. Você também pode tentar manter um diário da sua alimentação, incluindo o que você sente a cada dia. Depois de 30 dias analise e veja se você observa quaisquer padrões. Quando você come alimentos que são melhores para o seu corpo na maior parte do tempo, você dormirá melhor, terá energia mais consistente ao longo do dia e se sentirá mais vivo.

Alimentação saudável

Leia mais: Praticando uma culinária consciente – o cozinhar como um ato de autocuidado e autoconhecimento

3. Ficar longe do seu celular

Nossos dispositivos digitais agregam valor às nossas vidas, mas também nos roubam nossas vidas se os deixarmos fazer isso. Quando você se distancia do seu telefone, você pode notar seu entorno, ouvir seu coração e fazer contato visual. Você pode prestar atenção ao que está bem na sua frente. Sem a distração de nossos dispositivos digitais, estamos menos dispersos e mais focados. Há muitas coisas que podemos fazer para gerenciar o uso digital, como desligar as notificações ou ligar o modo de avião, mas a única maneira de perceber toda a vida que está na nossa frente é ficar longe ou desligar o seu telefone. Nesse post eu dou dicas de como diminuir a dependência pelo uso do celular.

Celular

4. Vestir-se com menos

Decidir o que usar exige energia mental que pode ser melhor gasta em outras coisas. Reduza as roupas do seu armário para sempre, crie um uniforme ou tente um projeto de moda minimalista como o Projeto 333, que explica como montar um armário-cápsula. Armário-cápsula é uma técnica que consiste em escolher uma quantidade limitada de peças para vestir durante um tempo determinado, sem comprar nada novo, apenas criando combinações com as peças existentes. Ao escolher o que usar de armário-cápsula, você conseguirá usar suas peças favoritas todos os dias e eliminar a fadiga das decisões. Economize a energia do do seu cérebro para decisões mais significativas, ideias criativas e resolução de problemas ao longo do dia.

Menos roupas

5. Ritual matinal

A rotina matinal da Courtney Carver, às vezes, inclui horas de escrita, caminhada, yoga e meditação. Quando ela viaja ou tem uma reunião pela manhã, ela faz uma versão mais curta da escrita e da meditação ou apenas uma caminhada. Ela diz que a consistência é mais importante do que a intensidade ao criar uma rotina matinal que alimente seu dia e ajude você a se ficar mais presente na sua vida. Nesse post eu escrevi sobre o meu ritual matinal e como esse hábito pode fazer uma grande diferença na sua vida.

Yoga

6. Faça menos

Quando você está sobrecarregado, cansado ou estressado… a solução é menos. Livrar-se de algo em seu calendário, algo em sua lista de tarefas, algo em sua mente e algo em seu coração. Deixe de lado a ideia de que você precisa fazer tudo ou que você é avaliado pelo número de tarefas que você realizou durante o dia. Você é muito mais do que isso.

Relaxar

Leia mais: 22 benefícios de se viver com menos

A simplicidade é o caminho de volta ao amor, porque nos dá tempo, espaço e presença que precisamos para estar presentes em nossas vidas lindas, bagunçadas e magníficas. Seja mais com menos: seja mais você. Dê-se todo o espaço, tempo e amor para lembrar quem você é. Viver com menos desordem, menos ocupação e menos estresse o ajudará a criar tempo para fazer o que você precisa fazer.

Natalie Andreoli
escrito por:Natalie Andreoli
Sou paulistana e desde 2009 decidi me mudar para a ilha da Magia (Florianópolis, SC), pois sentia falta do contato com a natureza. Sou neta de italianos e aprendi desde pequena a gostar de mexer na terra e cuidar das plantas, quando ajudava meu pai com a hortinha dele. Sou bióloga MSc., educadora ambiental e aromaterapeuta. Adoro aprender e compartilhar assuntos que proporcionem uma vida em melhor harmonia consigo mesmo, com os outros seres e com o planeta.

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.