Vida Natural

AlimentacãoReceitas

Lanche da tarde vegano com bolo de maracujá e camomila

bolo de maracujá com camomila
visualizações
2797

O bolo de maracujá e camomila traz ao paladar e ao espírito, uma sensação de aconchego, acolhimento e um sabor que nos faz degustar cada pedaço num estado profundo de atenção. No momento em que você se alimenta com essa atenção e com essa entrega, já está meditando e nutrindo mais que o corpo. Fazer o bolo e compartilhar é ainda melhor. Boa receita!

Horta OrgânicaPermaculturaVida Natural

O que semear no outono por região

1
visualizações
5761

Ahhhh o Outono! Finalmente o calor começa a dar uma trégua, trazendo frescor para o nosso clima. É época de chuvas, muitas plantas começam a terminar seu ciclo, as árvores caducas começam a adquirir lindos tons de amarelo, laranja e vermelho e suas folhas gradativamente vão caindo. Mas não se engane… Muitas plantas aguardam ansiosamente o outono para florescer e frutificar. Algumas bulbosas gostam de acordar nessa época e sementes começam a germinar. Na horta, é uma das melhores épocas para plantar verduras, principalmente as de clima frio. Plantando agora, você garantirá as melhores colheitas no inverno e na primavera.

AlimentacãoVida Natural

Saiba quais PANCs existem em cada região do Brasil

visualizações
4065

Você sabe quais PANCs existem na sua região. As Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs) são plantas que já foram pouco conhecidas ou chamadas de mato, mas que são fontes de nutrientes e podem ser incluídas nas refeições.

Hoje elas já fazem parte do cardápio de muitos restaurantes e das refeições de muitas pessoas. Porém, a ideia é que cada indivíduo possa ter acesso a elas e para isso é preciso que se conheça quais PANCs existem em cada região do país.

Reflexões

Mudar o mundo mudando nossas relações

relações
visualizações
1637

São Paulo, 2018, aula de forró. Participantes jovens, homens e mulheres, de diferentes orientações sexuais. A professora avisa que ali, dama e cavalheiro são posições na dança e nada tem a ver com gênero. E que, assim como na yoga, como dançamos reflete como agimos.

Ela brinca sobre comportamentos no forró e na aula: há aqueles que colocam os corpos excessivamente próximos de uma maneira sexualizante e aqueles que, demonstrando quase um medo do outro, se mantém excessivamente distantes, dificultando a condução. Poucos sabem a medida ideal entre entregar seu corpo ao outro com confiança e controlá-lo com atenção e leveza. Quatro aulas depois, oito horas de experiências no próprio corpo e no corpo alheio, uma turma sente que até está dançando mais forró, mas que principalmente aprendeu sobre confiança e entrega, sobre se relacionar com o outro.

AlimentacãoVida Natural

Receita de pão colorido com corantes naturais

Pão Colorido
visualizações
3750
Fazer pão em casa faz bem para a saúde do corpo e da mente.

Quem não se emociona com o cheiro de um pão saindo do forno? A combinação de poucos ingredientes dá origem a um dos alimentos mais antigos e apreciados da humanidade. Recém-saído do forno, macio ou com a casca crocante, é difícil resistir ao pão. E não há motivos para resistir, especialmente se for feito em casa. Além de alimentar o corpo, ele faz bem à saúde da mente. Estudos indicam que preparar o próprio alimento pode ajudar a melhorar a autoestima, o humor, a concentração e a autoconfiança.

Receitas

Aprenda a fazer cream cheese com tofu

cream cheese de tofuFonte: One Green Planet
visualizações
2001

Praticamente todos os pratos que levam algum ingrediente de origem animal podem ter sua versão vegana, como é o caso da moqueca, do cachorro quente, do hambúrguer, entre outros. Para isso, é preciso substituir o ingrediente de origem animal por um alternativo. Por exemplo, o cream cheese que é muito utilizado na confeitaria pode ganhar sua versão sem queijo: o cream cheese com tofu.

ReflexõesSaúde

Como expressar suas necessidades sem magoar os outros

comunicação não-violenta
visualizações
2422

Você já se sentiu triste ou frustrado quando tentou falar para outra pessoa sobre as suas necessidades? Muitas vezes não conseguimos nos expressar bem, e muitas vezes não conseguimos identificar nossas próprias necessidades. Ficamos bravos, irritados, tristes, esperando que o outro adivinhe o que queremos.

Se você já passou por isso, saiba que não está sozinho e que é possível aprender a identificar suas necessidades e comunicá-las aos outros de uma maneira harmoniosa. Quem desenvolveu essa técnica foi Marshall B. Rosenberg e ele a ensina no livro: Comunicação Não-Violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais.