indigenas

ReflexõesSustentabilidade

Uma lição indígena sobre a efemeridade

efemeridade
visualizações
1266

Na defesa de sua dissertação de mestrado na UNB, Célia Xakriabá Mindã Nynthê conta uma história sobre duas mestras Xakriabá, uma etnia indígena do tronco Macro Jê, Akwen, do norte de Minas Gerais. Na história, as duas mestras, dona Libertina e dona Lurdes, estão contando sobre suas construções tradicionais, em um curso na Universidade Federal de Minas Gerais, quando recebem de um estudante a proposta de aprenderem uma técnica que faria com que estas casas durassem para sempre. Sem hesitar, respondem:

“Não meu filho. Obrigado, mas isso é perigoso. Se aceito sua oferta, como é que vou ensinar meus filhos e netos a construir? A casa usada tem que se desfazer para eles observarem como fazer uma nova. Não é a casa que tem que durar, mas o conhecimento. Se a casa cai, mas fica a forma de aprender, a gente aprende e levanta outras.”

Construção NaturalEntretenimentoSustentabilidade

Video: Cerâmica primitiva na natureza selvagem

kelly
visualizações
3424

“Terra e Fogo” é um poema-documentário sobre a artista e ceramista primitiva Kelly Magleby. Durante dez dias, Kelly imergiu na natureza selvagem do sul do estado de Utah, munida apenas de uma faca e um pedaço de camurça afim de conhecer e praticar uma antiga técnica de fabricação de cerâmica, exatamente como o faziam os Anasazi, civilização indígena norte-americana já extinta.
O resultado final você acompanha nesse belíssimo registro poético.