cultura

ReflexõesSaúde

Usar a felicidade para medir desenvolvimento: é uma utopia ou realidade?

visualizações
3058
Você já pensou como seria se o desenvolvimento de um país fosse medido por um indicador de felicidade e não pelo Produto Interno Bruto (PIB)? Pois saiba que isso já existe no Butão, um pequeno reino distante e isolado, localizado na Ásia, na cordilheira do Himalaia. Em 1972, o rei Jigme Singye Wangchuck, declarou que o PIB não era uma medida significativa para o bem-estar e disse que o país deveria olhar para outras coisas, como bem-estar, promoção da cultura e preservação do meio ambiente.
Construção NaturalSustentabilidade

Casal larga o emprego para construir essa casa de vidro com apenas 500 dolares

59312b2e-24e0-4570-9839-b0661cc43218_nick-lilah-4
visualizações
15284

” Nós fomos capazes de tornar essa casa realidade porque somos, antes de tudo, artistas e criadores. Tivemos que ser criativo para poder faze-la mais barato. “

Abundância de luz natural não é uma qualidade incomum de uma casa de sonhos. Mas o que dizer de uma casa construída (quase) totalmente de vidro para que a luz nunca ficasse escondida? Para esse casal de artistas, um por do sol bonito e uma conversa interessante levou-os à construção de um retiro de tirar o fôlego, no montanhoso oeste da Virginia.

Reflexões

Cabelos – assuma os seus erros e destrua o rótulo

a
visualizações
6721

O cabelo comprido continua sendo um padrão feminino. Cabelos compridos em homens geram notícia e cabelos curtos em mulheres, de certa forma, ainda chocam. As mulheres devem cuidar do cabelo, esse é o rótulo. Não, não estou falando de higiene. Higiene é regra de convivência em sociedade. O rótulo que persiste é que a mulher que se ama é aquela que cuida do cabelo. Horas em salão de cabeleireiro, muitas camadas de tinta, tutoriais na internet, cortes da semana de moda de Paris, produtos usados pelas Kardashians. Por quê? O cabelo feminino ainda é assunto, definidor de vagas de emprego, conteúdo de debates acalorados entre professores e alunos e norma para algumas profissões.

EntretenimentoMúsica

Outros batuques brasileiros

hat-607304_1280(2)
visualizações
3714

De acordo com Antonio Nobrega, a polirritmia africana segue uma “lógica” diferente da ritmia europeia: a primeira teria versos mais longos e aceitaria mais solos do que a segunda. Ao tentar codificar a música polirrítmica de acordo com a lógica “monorítmica”, simplificamos os longos versos e batuques solistas em menores versos sincopados, ou seja, com a tônica no tempo fraco (nos espaços entre tempo e contratempo).

EntretenimentoMúsicaViagem

Psicodália: um dos festivais mais esperados do ano!

12339488_985840138172035_6022526017547980696_o
visualizações
7725

Faltando menos de 3 meses para o melhor festival de Santa Catarina que acontece durante o carnaval, o Psicodália já está deixando muita gente ansiosa. Nessa 20ª edição já temos confirmados algumas atrações musicais, dentre eles: Ney Matogrosso (para minha imensa alegria!!!), Perotá Chingó, Céu, Di Melo + Trombone de Frutas, Metá Metá, Casa das Máquinas, Liniker e os Caramelows, Erasmo Carlos, entre muitos outros grandes músicos. Mas isso são só as atrações musicais, o festival ainda oferece oficinas, cinema, teatro e recreação para as crianças.

EntretenimentoSustentabilidade

Arte e meio ambiente: você pensa nos seus resíduos?

nowartla-orgFonte: nowartla.org
visualizações
5098

A maioria das pessoas tem algum tipo de preocupação com o meio ambiente. Alguns se preocupam com espécies ameaçadas, outros com o impacto das indústrias, há os que se preocupam com a falta de água em grandes cidades, mas poucos se dão conta de como escolhas cotidianas podem afetar negativamente o meio ambiente. Quem reflete antes de comprar, consumir e descartar o plástico por exemplo? Todos estão tão acostumados com o plástico na vida moderna que ignorar os objetos feitos com o material se tornou rotina.

PermaculturaViagem

Conheça a ONG Beatos – Espaço multicultural e de tradição popular do Cariri Cearense

dscn9588
visualizações
4495

Formada por nove municípios do sul do Ceará, entre os estados de Pernambuco, Paraíba e Piauí, a região metropolitana do Cariri é riquíssima e abriga várias opções turísticas e culturais, dentre elas o Geopark Araripe e a famosa estátua do Padre Cícero em Juazeiro do Norte. O Crato, conhecido como Oásis do Sertão, fica no sopé da Chapada do Araripe e foi habitado por várias etnias indígenas, dentre elas os Kariris, de onde vem o nome da Região. Foi lá onde surgiu o Caldeirão do Santa Cruz do Deserto, movimento de trabalho comunitário religioso que tinha como base a sociedade igualitária e que foi destruído pelo governo na década de 30.

EntretenimentoMúsica

Música instrumental brasileira para te inspirar

instrumental
visualizações
10233

Você já reparou como de uma forma ou de outra somos seres intimamente ligados aos sons? Ouvir música é um ato tão natural quanto respirar ou comer. Através dela damos vazão à expressões muito íntimas, que revelam nossos olhares e sentimentos do mundo.

Mas, e a música instrumental, você já parou para ouví-la? Quando se opta por esconder as palavras e dar espaço para os sons falarem, uma experiência diferente de música se abre, e a fruição -tão rara nos dias de hoje- se torna possível. Longe dos conceitos das palavras, é possível observar o som como se observa um quadro. No Brasil, as paisagens são tantas, que não poderíamos deixar de ter uma quantidade enorme de grupos assimilando toda essa cultura, transformando-a em música boa, para que possamos viajar de olhos fechados. Confira alguns grupos instrumentais brasileiros e seus discos que nunca tocaram nas rádios.

Filmes e DocumentáriosLeituraMúsica

Primaveras revolucionárias que mudaram o mundo

a0ea3435d__750x0
visualizações
4030

A primavera tem no seu íntimo o símbolo da mudança; assim é representada na mitologia grega, na figura de Clóris, como a potência da natureza que traz vida e renovação quando chega. Nesse período do ano, um novo ciclo se inicia e possibilita que frutos e flores cresçam, transformando a realidade que nos cerca e trazendo a possibilidade de vivermos novos tempos. Tudo aquilo que a natureza comporta é tocado pela potência vital da primavera e, assim, ela deixa sua marca também nas criações humanas, trazendo em sua metáfora, novos horizontes para a sociedade.

Confira algumas referências feitas à primavera ao longo das criações humanas. O simbolismo que carrega consigo é de tamanha sutileza, que foi usada por diversas vezes, ora para evocar beleza, ora para evocar força e resistência; sempre como um ato revolucionário.