aromas

SaúdeVida Natural

Por que amamos ou odiamos certos aromas?

aromas
visualizações
977

Recentemente um leitor do Jardim do mundo nos perguntou se havia alguma explicação para uma pessoa gostar do aroma de um óleo essencial, ao mesmo tempo em que outra pessoa não gosta. Encontramos um estudo que explica um pouco desse mecanismo.

O estudo foi publicado no International Journal of Comparative Psychology, em 2004, com o seguinte título: Changing Odor Hedonic Perception Through Emotional Associations in Humans (Mudando a Percepção Hedônica do Odor Através de Associações Emocionais em Seres Humanos). Abaixo traduzimos um post  que resumia o conteúdo do estudo científico e que pode nos ajudar a entender o motivo de amarmos ou odiarmos certos aromas.

SaúdeVida Natural

Todo o poder das plantas dentro de um vidrinho: a aromaterapia

36074a016eaa99389fe57fd319ca0bdf
visualizações
10960

E se fosse possível condensar as principais características das plantas, de maneira natural, para fins terapêuticos? Pois é isso que acontece nos óleos essenciais! Eles são considerados a forma mais concentrada de energia vegetal que encontramos disponível.
Os óleos essenciais são substâncias orgânicas e naturais, com propriedades terapêuticas comprovadas cientificamente.