Saúde

Saiba o que é ozonioterapia e quais seus benefícios

ozonioterapia

Apesar de ser uma prática antiga, a ozonioterapia ainda é pouco conhecida. Essa medicina alternativa pode ajudar na cura de inúmeras doenças, já que consegue elevar o nível de oxigenação dos tecidos.

A ozonioterapia é utilizada há décadas em países como Itália, Japão, Alemanha, Rússia, entre outros. Ela utiliza o gás ozônio para tratar doenças como diabetes, asma e Mal de Parkinson. Conheça mais sobre essa medicina alternativa e seus benefícios a seguir.

O que é a ozonioterapia?

A ozonioterapia é uma medicina alternativa que faz uso do ozônio para auxiliar no tratamento de diversas doenças. Esta é uma técnica que existe a mais de 150 anos para tratar doenças e outras complicações.

O ozônio (O3) é uma molécula composta por 3 átomos de oxigênio. Ele está presente em maior quantidade na estratosfera, onde forma uma proteção contra raios UVs de origem solar. Sem essa camada de ozônio correríamos riscos de danos de visão, envelhecimento precoce e desenvolvimento de câncer de pele, por conta da radiação UV-B, que é filtrada pelo gás ozônio.

Além disso, é importante citar que, o ozônio só causa problemas à saúde do ser humano se for inalado. Sendo assim, qualquer outra forma de contato com ele, seja por banho, uso tópico, sauna, intramuscular, intra-articular, subcutâneo, endovenosa, injeção direta em tumores, entre outros, pode ser feita de forma segura.

No entanto, é necessário fazer o tratamento com ozônio com um médico especialista. Pois, é preciso saber administrar o gás de forma a atingir o efeito desejável.

Leia mais: 9 Melhores alimentos probióticos para a saúde

Quais os benefícios proporcionados pela ozonioterapia?

Por meio de estudo, foi comprovado que o ozônio, ao entrar em contato com fungos e vírus, tem efeito de inibir o crescimento e reprodução de ambos. Além disso, ele auxilia no sistema imunológico e estimula o metabolismo do oxigênio. Sendo assim, a ozonioterapia é eficaz no tratamento de várias doenças, das quais algumas podem ser vistas a seguir:

  • asma;
  • psoríase;
  • artrite;
  • herpes;
  • varizes;
  • diabetes;
  • candidíase;
  • AIDS;
  • Parkinson;
  • Alzheimer;
  • acne.

Essas são só algumas das doenças tratadas pela ozonioterapia. Além disso, esse tratamento aumenta os níveis de energia, aumenta o metabolismo, alivia vários tipos de dores, estimula a circulação, entre outros.

ozonioterapia

Leia mais: Saiba como fazer um acompanhamento lunar do seu ciclo menstrual

Como se dá o tratamento?

A ozonioterapia pode ser aplicada por meio de algumas formas. A seguir temos as mais populares:

  • hidroterapia com ozônio: o ozônio é diluído em água e pode ser aplicado na área do corpo a ser tratada ou ingerido.
  • óleos ozonizados: óleos como o de girassol podem ser ozonizados e aplicados por meio de massagem em áreas do corpo a serem tratadas.
  • injeção subcutânea: o ozônio é injetado na área subcutânea da pele.
  • vapor: o ozônio é utilizado em saunas ou banhos de vapor.
  • auto-hemotransfusão: o ozônio é diluído em um pouco de sangue que é retirado de uma pessoa. Em seguida, esse sangue é injetado na mesma pessoa.

A ozonioterapia é mesmo eficiente?

A ozonioterapia vem sendo estudada e mostra resultados mistos para os tratamentos, apesar de muitos deles serem promissores. Um estudo de 2017 mostrou que a ozonioterapia é eficaz para ajudar pessoas com fibrose cística.

Outro estudo mostrou, em testes laboratoriais, que o ozônio foi eficaz ao ser usado como um agente antibacteriano para tratar algumas infecções orais. Sendo assim, essa pode ser uma forma de tratamento alternativo para as pessoas que sofrem das doenças citadas.

Apesar de o Conselho Federal de Medicina (CFM) não ter aprovado ainda a ozonioterapia, muitos médicos brasileiros já vêm usando essa técnica há décadas. Mesmo com essa desaprovação do CFM, médicos afirmaram que iriam continuar com a prática. Pois ela já vem salvando pessoas desde a 1ª Guerra Mundial.

Charlene Peruchi
escrito por:Charlene Peruchi
Uma sonhadora, que acredita num mundo melhor e nos seres humanos vivendo em harmonia com a Natureza. Amante da fotografia, do artesanato e de músicas incomuns, diz que não viveria por muito tempo sem a arte na sua vida. Vegetariana por amor ao próximo e praticante de Yoga por amor a si. Em resumo, é um ser complexo que gosta da vida simples.

Deixe um comentário