Faça Você MesmoSustentabilidade

Projeto dá novo destino às gaiolas apreendidas da caça ilegal

gaiola

Gaiolas de pássaros podem ser transformadas em lindos objetos decorativos, basta ter um pouco de criatividade, e principalmente, amor pela natureza e pelos animais. Elas representam prisão e tristeza. Reutilizando-as para outro fim que não seja aprisionar um pássaro, estamos de alguma forma espalhando o amor e o respeito por estes seres.

Uma proposta super interessante para trabalhar com grupos de crianças e jovens — pois além de promover a educação ambiental, no sentido do respeito aos animais e da importância de deixa-los viver livremente na natureza, essas crianças ainda vão poder usar e abusar da criatividade — é o caso deste Grupo de Escoteiros de Treviso, SC.

Num projeto chamado “Quem ama deixa voar”, o grupo vem customizando gaiolas — doadas pela Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, que são fruto de apreensões feitas em ações de prevenção à caça do estado — e transformando-as em luminárias, porta velas, floreiras e o que mais a criatividade dessas crianças deixar.

Muitos projetos já estão sendo elaborados e alguns até já foram concluídos pelas crianças. Um trabalho 100% voluntário, em parceria com o ateliê Maria Lamparina e com o Instituto Alouatta, as gaiolas aos poucos vão se tornando lindos objetos de decoração, trazendo vida e alegria onde só havia tristeza e crueldade.

gaiola

gaiola

Leia mais: 7 ideias para utilizar rodelas de troncos de árvores na sua casa

Uma ação a ser seguida e tomada como exemplo por outras instituições, que assim como este grupo de escoteiros e demais parceiros envolvidos, conseguiram plantar uma sementinha na cabeça de cada uma dessas crianças, uma semente de amor pelo próximo e respeito pelos animais.

Veja como estão ficando os trabalhos:

IMG-20180915-WA0001

IMG_20180907_143439012_LLIMG_20180915_163843116IMG_20180915_164206387

IMG_20180915_162554986IMG_20180915_165211600

 IMG_20180907_145618277

Seja criativo! Pratique a manualidade!

Larissa Maciel
Artesã do ateliê Maria Lamparina

Larissa Maciel
escrito por:Larissa Maciel

Deixe um comentário