EntretenimentoLeitura

Exemplos no esporte que ajudam na conscientização ambiental

estádio ecológico

O esporte significa a inclusão social, promoção da qualidade de vida e do meio ambiente. Por isso, a prática esportiva tem forte relação com o desenvolvimento sustentável. Não só na condução dos eventos e na organização dos jogos, mas também na gestão dos recursos materiais.

Cada vez mais instituições e associações esportivas estão em investindo em campanhas de conscientização ecológica, isso é resultado de uma preocupação mundial com as questões ambientais na tentativa de gerar uma sociedade sustentável, que associe suas atividades com a utilização eficiente dos recursos naturais.

NBA (basquete)

Em seu melhor momento econômico na história, a NBA, principal liga de basquete do mundo, tem seus jogos transmitidos para mais 50 de países. Esse alto alcance global permite a NBA usar de sua força para conscientizar as pessoas sobre questões do meio ambiente que devem ser tratadas diariamente pelos veículos de informação.

Em 2017, a liga lançou a campanha “Time Out Tips”. Essa ação da NBA tinha como objetivo promover a redução do uso de energia, motivando os fãs a realizarem ações simples de sustentabilidade.

A campanha foi um sucesso de alcance e contou com a participação de ex-atletas da NBA e WNBA como Bill Walton, Dikembe Mutombo, Jason Collins, Swin Cash e Ruth Riley. O projeto envolveu uma parceria entre o programa de sustentabilidade da NBA e a National Environmental Education Foundation — organização sem fins lucrativos em prol avanço da alfabetização ambiental nos Estados Unidos.

Nos últimos anos, oito arenas de equipes da NBA receberam a certificação LEED (Liderança em Energia e Design Ambiental na tradução livre) pelo US Green Building Council, que avalia o uso de materiais e tecnologias de baixo impacto ambiental.

As arenas são as seguintes: AmericanAirlines Arena (Miami Heat), Golden 1 Center (Sacramento Kings), Moda Center (Portland Trail Blazers), Chase Center (Golden State Warriors), Toyota Center (Houston) Rockets), Barclays Center (Brooklyn Nets), Amway Center (Orlando Magic) e State Farm Arena (Atlanta Hawks).

Hoje, a NBA tem uma parceria com a Green Sports Alliance para gerar conscientização entre as pessoas e fundos para a proteção do meio ambiente. Também é importante destacar que a liga promove outros programas comunitários em parceria com jogadores de todas as franquias.

bola ecológica

Premier League (futebol)

Uma das ligas de futebol de maior alcance, a Premier League teve uma audiência total de 1,35 bilhão de pessoas na temporada passada — aumento de 11 % em comparação à temporada 2017/2018.

As ações em prol do meio ambiente realizadas pelo campeonato inglês alcançam os quatros do mundo e têm ótima repercussão junto aos seus seguidores. No início do ano, os clubes da Premier League deram ótimo exemplo e passaram a apoiar a campanha “Sky Ocean Rescue” para ajudar a reduzir o consumo de plástico descartável pelos fãs.

Além das ações conjuntas, os clubes também procuraram realizar campanhas individuais para o meio ambiente anualmente, como o Chelsea e o Manchester City, por exemplo.

Na atual temporada, o Chelsea virou um modelo de referência a ser seguido em todo o mundo e está utilizando em seu estádio (Stamford Bridge) copos plásticos reutilizáveis de forma permanente.

Em declarações ao site da Premier League, Navjeet Daine, gerente de operações de concessões do Chelsea, disse que mais ações para reduzir o consumo de plástico estão sendo promovidas pelo clube.

“O teste para copos é apenas uma de uma série de mudanças positivas que fizemos em uma jornada nas lojas de alimentos e bebidas. Agora introduzimos canudos de papel e talheres de madeira, substituindo as alternativas de plástico e fornecemos garrafas de molho em vez de sachês de plástico em nossas estações de alimentos”, garante Navjeet.

Já o Manchester City apoia a campanha “Show The Love”. Segundo o clube, a mensagem da campanha é simples e direta: mostrar o amor pelas coisas que amamos que são atingidas pelas transformações climáticas e incentivar todos a perceber a mudança no ambiente local.

O centro de treinamento da equipe de Manchester, o City Football Academy, conta com bombas de calor de fonte de ar, captação de água da chuva e iluminação LED instaladas em todas as dependências do clube — tanto para os elencos juniores quanto para o time profissional.

Além disso, as 5.272 lâmpadas LED instaladas no Etihad Stadium, casa da equipe, ajudam a reduzir o uso de energia no estádio significativamente.

Poker (WSOP)

Considerada a Copa do Mundo do poker, o WSOP acontece em Las Vegas (Estados Unidos) desde 1970 e é o principal circuito do esporte. Vencer um torneio no evento é o sonho de consumo de grande parte dos jogadores e pode significar o auge de uma carreira.

Para se ter uma ideia, mesmo o Brasil na posição de uma grande potência do poker, apenas seis brasileiros conseguiram vencer um título na história do WSOP, tamanha é a concorrência para chegar ao topo nesse circuito.
Em 2008, o WSOP passou a utilizar mesas compostas por 98% de materiais recicláveis. Na ocasião, o campeão do evento principal, Peter Eastgate, ganhou de um dos patrocinadores a mesa utilizada na final.

Quatro anos mais tarde o WSOP aderiu à fundação One Drop para promover uma campanha com fins de ajudar a aumentar a conscientização da população e ainda direcionar fundos para aumentar o acesso de água potável em todo o mundo.

Uma das mediadas tomadas pelo WSOP para arrecadar fundos foi doar 11,11% de toda a taxa de inscrição do evento em 2012 para a campanha. Além disso, todos jogadores que ganharam um torneio do WSOP naquele ano concordaram em doar 1% de suas respectivas premiações para a causa.

Por ser uma referência do poker, é muito importante para toda a comunidade dos esportes da mente ter um circuito do calibre do WSOP envolvido com causas a favor do meio ambiente e isso abre portas para novas ações no segmento.

Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo
Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

Deixe um comentário