Construção NaturalSustentabilidade

Casal constrói casa biosustentável no Oeste de Santa Catarina

casa biosustentável

Em Guaraciaba, Oeste de Santa Catarina, no Brasil, um casal desafiou sua própria forma de pensar e construiu uma linda casa biosustentável feita, principalmente, com terra, pedras e madeira. A tarefa exigiu um pouco de estudo e depois muita prática na hora da construção.

Tudo começou em 2011 com a ideia de ter uma vida mais sustentável. Nesse mesmo ano, Ricardo e Letícia começaram a estudar como construir uma casa que estivesse em harmonia com o meio ambiente. Foi em suas pesquisas que encontraram um modelo de casa biosustentável.

Em 2012, eles puderam participar de evento nacional sobre bioarquitetura, onde vários palestrantes falaram sobre métodos e formas de praticar essa nova forma de construção. Foi então que eles puderam planejar como seria a casa, como ela ficaria disposta no terreno, quais materiais necessários e qual técnica usariam para fazer a construção.

sala

Leia mais: 12 casas ancestrais para entender a bioconstrução

Materiais utilizados na casa

As paredes foram todas construídas com barro do terreno ao lado da casa. Além dele, há pedras reaproveitadas e madeiras de pinus e eucalípto de reflorestamento. Há paredes com até 40 centímetros de espessura. Segundo o casal, a parte mais demorada foi a de preparação do barro, pois eles precisavam de uma mistura que, depois de seca, fornecesse uma boa sustentação. A casa ainda possui tijolos e aberturas que foram reaproveitados de restos de construções.

Todo o processo foi manual, desde o preparo do barro até a construção das paredes e telhado. Para ter uma boa iluminação interior foram dispostas nas paredes garrafas de vidro. Além disso, o lado que mais pega sol no inverno possui várias janelas e é onde estão os principais cômodos. Isso faz com que a casa também fique bem aquecida nos meses mais frios. Para os meses mais quentes, foi feito um telhado vivo. Ele controla a temperatura interior, deixando a casa mais fresca.

Interior da casa

Não é só na estrutura que encontramos materiais reutilizados. Todos os móveis foram reaproveitados, restaurados ou construídos pelo casal com madeira de demolição ou com galhos de árvores, como é o caso da cama.

cama

Leia mais: Casas ecológicas construídas à mão

Apenas a instalação elétrica e hidráulica que seguem o modelo padrão com canos, fios, tomadas e torneiras. Além disso, foi usado um pouco de cimento na base da construção para fixar as pedras.

Desconstruir para construir

No começo, o próprio casal precisou desconstruir alguns pensamentos para colocar em prática o projeto. E não foi diferente para com seus pais, que no começo desacreditaram que era possível uma casa de barro ficar de pé. Mas com o tempo foram entendendo que com a técnica certa e um bom planejamento é até mais barato e bem mais sustentável construir uma casa de barro. Em média, o casal gastou R$ 60 mil, quatro vezes menos do que exigiria uma casa convencional.

Conheça um pouco sobre como foi todo esse processo no vídeo abaixo:

Websérie sobre todo o projeto

O casal decidiu fazer uma websérie contando sobre todo o processo de construção. São 10 episódios que você pode conferir no Youtube. Assista ao primeiro episódio:

Para ver o restante acesse a playlist do canal Bioconstrução Guaraciaba.

Fonte das imagens: capa e quarto (Folha do Oeste); sala (Airbnb).

Charlene Peruchi
escrito por:Charlene Peruchi
Uma sonhadora, que acredita num mundo melhor e nos seres humanos vivendo em harmonia com a Natureza. Amante da fotografia, do artesanato e de músicas incomuns, diz que não viveria por muito tempo sem a arte na sua vida. Vegetariana por amor ao próximo e praticante de Yoga por amor a si. Em resumo, é um ser complexo que gosta da vida simples.

Deixe um comentário