SaúdeVida Natural

Ayahuasca – a bebida que pode curar alcoolismo e depressão

ayahuasca

A ayahuasca é muito conhecida por ser utilizada em rituais do Santo Daime ou da União do Vegetal. Mas pouco se sabe como ela pode curar doenças e vícios como o alcoolismo e a depressão. Por isso, muitos pesquisadores têm feito estudos para investigar seus efeitos no organismo humano.

Nesta matéria mostraremos um pouco sobre o que é a ayahuasca e algumas pesquisas que já foram feitas.

O que é a ayahuasca?

A ayahuasca é algo tradicional dos povos que vivem na floresta amazônica. Ela é uma bebida enteógena, que é feita a partir de duas plantas amazônicas: o cipó jagube, ou mariri, e o arbusto chacrona. O chá é costumeiramente classificado como alucinógeno, mas com ele tem o poder de ampliar a percepção e a capacidade de autoanálise, o que possibilita o acesso a níveis psíquicos subconscientes, faz mais sentido dizer que ele é enteógeno.

Voltando às plantas, a chacrona tem uma substância denominada N,N-dimetiltriptamina (DMT), que é produzida naturalmente em nosso organismo, porém em menor quantidade. Mas o DMT é metabolizado em nosso corpo por meio da enzima monoamina oxidase (MAO). Sendo assim, ele perderia seu efeito, se não fosse o mariri, que tem alcaloides capazes de inibir os efeitos da MAO. Desse modo, o DMT tem sua ação prolongada ao ser ingerido por via oral.

Um excelente documentário que explica toda a ação do DMT no nosso organismo e fala um pouco sobre como é feito o ritual com a ayahuasca é DMT – A molécula do espírito.

Mas falando de forma sucinta, o ritual pode ser feito de formas diferentes por variados grupos. Porém, o que há de comum em todos eles é que sempre irá ter uma ou mais pessoas responsáveis por prestar auxílio a quem está sob efeito do chá. Além disso, ele pode ser tomado em grupos que, necessariamente, não são ligados a religiões. Porém, seus efeitos e benefícios estão ainda sendo estudados pela medicina ocidental, que ainda não encontrou explicações suficientes para dizer porque a ayahuasca pode curar doenças como alcoolismo e depressão.

ayahuasca

Leia mais: 5 ervas que tem o poder de alterar a consciência e os sonhos

Benefícios e pesquisas sobre a ayahuasca

Como foi mencionado, a ayahuasca proporciona benefícios às pessoas que bebem seu chá. Entre eles temos a depressão, o alcoolismo, estresse pós-traumático e vícios. Há relatos, como o de Robert Rhatigan, que disse que depois de tomar o chá seu problema com alcoolismo foi curado. Ele passou pelo ritual na Amazônia peruana, depois de uma década de tratamentos que não deram em nada.

Ele conta que sua experiência durou horas, acompanhada pelos cânticos do xamã. Ele teve visões, como se pudesse ver várias peças de sua mente flutuando no ar. Ao final da cerimônia, essas peças retornaram à sua mente, menos uma que não se encaixava mais, que era a da sua dependência pelo álcool.

Para saber mais sobre esse momento em sua vida, assista à palestra realizada por ele no TED.

Obs: para ativar a legenda em português clique em legendas, no canto inferior direito do vídeo. Depois clique no símbolo de engrenagem, em “Legendas” e, em seguida, em “Traduzir automaticamente”. Escolha a língua e pronto.

Leia mais: Conheça a moringa – uma planta super nutritiva!

Na área dos estudos com a ayahuasca, o Brasil está entre os países de vanguarda. Quem afirma isso é Luis Fernando Tófoli, professor do departamento de psicologia médica e psiquiatria da Unicamp e coordenador do Laboratório de Estudos interdisciplinares de psicoativos.

No ano de 2015, um estudo feito por brasileiros foi publicado na revista Nature. A pesquisa contou com dois participantes homens e quatro mulheres, que sofriam de depressão, desde um grau mais leve até o severo. Eles ingeriram a ayahuasca uma única vez, em doses de 120 ml e 200 ml. Durante e após o efeito, esse grupo teve sua saúde mental monitorada por meio de três tipos diferentes de questionários, que foram aplicados em oito ocasiões. A primeira vez foi em 40 minutos após a ingestão do chá e a última três semanas depois.

Os resultados foram positivos, mostrando que houve uma melhora em todos os participantes, mesmo com os diferentes graus de depressão. De acordo com um questionário, a redução dos sintomas chegou até a 72%, uma semana após a ingestão do chá. Segundo outro questionário, na terceira semana houve a redução de sintomas como pensamentos suicidas, tristeza, pensamento negativo e dificuldades de concentração em 82%. Fora o vômito, que é um sintoma normal de acontecer para qualquer pessoa que ingere o chá, não foi detectado nenhum efeito colateral.

Esses resultados podem ser uma boa notícia para tratamentos que precisam ser mais rápidos. Segundo Flávia de Lima Osório (docente do departamento de neurociências e ciências do comportamento da faculdade de medicina da Universidade de São Paulo  em Ribeirão Preto e uma das autoras da pesquisa), os antidepressivos disponíveis demoram algumas semanas para produzir o efeito terapêutico, além de produzirem efeitos adversos significativos, como aumento de peso e disfunção sexual.

Esperamos que mais estudos sejam feitos para comprovar de forma científica os benefícios que a ayahuasca proporciona. Porém, ressaltamos que essa bebida deve ser consumida com consciência e acompanhada sempre de pessoas que possam auxiliar na hora em que ela está atuando no organismo.

Charlene Peruchi
escrito por:Charlene Peruchi
Uma sonhadora, que acredita num mundo melhor e nos seres humanos vivendo em harmonia com a Natureza. Amante da fotografia, do artesanato e de músicas incomuns, diz que não viveria por muito tempo sem a arte na sua vida. Vegetariana por amor ao próximo e praticante de Yoga por amor a si. Em resumo, é um ser complexo que gosta da vida simples.

7 Comentários

  • Ola!

    parabens pela explicação!

    peco permissão para copiar parte do artigo no me blog, me comprometo em dar referencias do site no final.

    A intenção eh escrever sobre minhas das experiências com a planta e propagar os benefícios das medicinas da natureza.

    Gratidão!

    • Olá Deise, obrigada 🙂
      Sim, colocando a referência pode copiar parte do artigo. E que legal que você também passou pela experiência com ela. Quero ainda escrever um texto falando sobre minha experiência.
      Grande abraço!

  • Há pouco mais de 1 ano passei a frequentar uma religião que usa essa bebida nos rituais, posso dizer que foi a melhor coisa que me aconteceu… hoje eu separo a minha vida antes e após fazer uso do chá, a mudança foi enorme, para melhor! Adorei ler sobre esse assunto aqui! beijão, namastê!

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: