Thais Ferreira

Thais Ferreira

Libriana, mineira, vegetariana, sempre descabelada e roceira de coração! Tenho necessidade de montanhas, cachoeiras e sentir a brisa do fim da tarde de outono. O simples me encanta. Me interesso por yoga, bike, permacultura, cães, pessoas, sagrado feminino e gentilezas. Buscadora de conhecimentos, cachoeiras e pores-do-sol. Prezo a liberdade e a justiça. Formada em direito, mas na veia tenho mesmo é o sangue ambiental. A frase que carrego comigo: “Seja gentil sempre que possível. Sempre é possível”, pois acredito que o amor e a gentileza podem mudar o mundo!

ReflexõesVida Natural

Revolução grisalha, a cor da liberdade!

revolução grisalha
visualizações
27423

A beleza feminina é algo que está sempre em alta, são cortes de cabelo, colorações da moda, cada época tem sua tendência. O padrão de beleza é algo que sempre acompanha as mulheres e não está relacionado somente ao cabelo, mas também a roupas, maquiagens, corpo perfeito (aquele imposto pela mídia). Mas, uma revolução vem acontecendo devagar, é a chamada Revolução Grisalha.

ReflexõesVida Natural

A crise dos 30 anos, se você não teve, ainda terá!

crise dos 30 anos
visualizações
941

O tempo passa, os 30 anos chegam e quando a gente menos espera…pá! Você começa a se questionar qual é o seu propósito de vida, o que você fez até aqui, se está satisfeito com a sua vida amorosa, com a sua tão almejada carreira profissional. Enfim, com uma infinidade de perguntas que surgem no decorrer da vida, principalmente nesta fase, quando você já não se sente mais tão jovem e nem tão velho assim!

Mas, aí vem a pergunta que para muitos, assim como para mim, é bem difícil de responder: “Qual é o meu propósito de vida?”. Minha resposta, primeiramente seria: “- Uma vida que vale a pena ser vivida”.

Só que se você ainda não sabe qual é a vida que vale a pena ser vivida, vem com a gente que faremos uma reflexão juntos!

ReceitasVida Natural

Aprenda a fazer uma saborosa geleia de maracujá com manga

geleia de maracujá com manga
visualizações
5267

 

Geleia, quem não gosta?!

Você tem maracujá e manga aí na sua geladeira dando sopa? Que tal fazer uma geleia rápida, fácil e deliciosa com eles?

No mercado existem diversos sabores  de geleias, para todos os gostos, mas nada como poder fazer a sua geleia caseira, que ainda pode ser orgânica, já que ela já será natural e sem conservantes!

AlimentacãoReceitas

Receita vegana de torta de manjericão e palmito (fácil)

aa
visualizações
10736

 

Torta é sempre um prato prático, seja para um café ou um lanche. E é também aquela ideia curinga para quando vem um amigo na sua casa. Se esse amigo for vegano (ou não), aqui está uma receita que vai deixá-lo feliz! O passo a passo é fácil e rápido, mesmo aquelas pessoas que não se dão bem na cozinha vão gostar, além de  nutritivo e muito saboroso. A massa verde encanta até as crianças, de tão bonita!

Faça Você MesmoSustentabilidade

DIY – Aprenda a fazer seu filtro dos sonhos

apanhador de sonhos
visualizações
13422

O filtro dos sonhos é um objeto indígena que simboliza proteção.

Conhecido também como “Caçador de sonhos”, “Espanta pesadelos”, “Apanhador de sonhos”, “Teia dos sonhos” ou “Catasonhos”. Ele separa a energia, deixando apenas as boas energias irem para os sonhos, porém não quer dizer que a pessoa não vá ter pesadelos.

Que saber como fazer o seu? Vamos nessa!

Filmes e DocumentáriosReflexões

5 vídeos com Eduardo Marinho para refletirmos sobre a vida

Eduardo MarinhoFoto por Rogério D. Santis
visualizações
7942

Ele escolheu morar na rua para encontrar um sentido para a vida.

Brasileiro, carioca, nascido em família de classe média, foi banqueiro, entrou na escola militar e estudou direito. Tinha tudo para ser uma pessoa “bem sucedida” para a sociedade. Mas sempre questionador, tentava entender as coisas, até que então percebeu que não bastava entender, ele tinha que sentir. Não contente, sufocado e angustiado com o que via, largou tudo e foi buscar um sentido para vida e experimentar o que era não ter nada. Chegou a morar nas ruas e dormir em papelão, porém, foi aí que começou a encontrar o sentido que procurava.