papinhas

Um novo relatório do Fundo de Defesa Ambiental (EDF) encontrou níveis detectáveis de chumbo em alimentos infantis. Publicado em junho de 2017, o EDF analisou 11 anos de dados do FDA e descobriu que 20% de 2164 amostras de alimentos para bebês continham chumbo. Uvas, maçãs, peras, batata-doce, cenouras, bolachas de araruta e biscoitos para bebês estavam entre os piores vilões.

Não há nível seguro de exposição ao chumbo. O consumo dessa substância por lactentes e crianças pequenas é especialmente alarmante, porque pode causar problemas comportamentais ao longo da vida e diminuição da inteligência. Embora o chumbo seja encontrado naturalmente no solo, o aumento nos alimentos contaminados com ele é causado por décadas de uso de pesticidas.

Os benefícios de fazer comida para o seu bebê

As vantagens de preparar a própria comida para o bebê vão muito além da redução da exposição do seu filho ao chumbo.

Você tem controle sobre a qualidade dos ingredientes que entram na comida. Os alimentos prontos convencionais são processados ​​com calor elevado para destruir bactérias, o que significa que grande parte das vitaminas e nutrientes também são destruídos no processo. Para a papinha do bebê ficar mais nutritiva e saudável, use frutas e verduras que você mesmo cultiva. Se isso não for possível, opte por produtos orgânicos.

Reduza os resíduos de embalagens armazenando as papinhas em potes de vidro ou recipientes de cerâmica. É muito mais gentil com o planeta e também impede seu filho de ingerir substâncias químicas que possam se infiltrar nos alimentos.

É muito mais rentável do que comprar alimentos enlatados.

Fazer comida para bebê não é muito difícil ou demorado, especialmente quando você prepara ela ao mesmo tempo, em que prepara uma refeição para o resto da família.

Leia mais: 5 Razões para nunca mais usar fraldas descartáveis no seu bebê

7 Receitas saudáveis e nutritivas de papinha para bebês

Por volta dos 4 a 6 meses, o seu bebê está pronto para começar a comer alimentos sólidos. Contanto que eles possam sentar-se eretos, levantar a cabeça e parecer interessados ​​em comida, você pode começar a dar 1 a 2 colheres de sopa de comida sólida por refeição. Este é um bom momento para estar atento às alergias, portanto, prefira as papinhas de ingrediente único para ajudar a descartar qualquer intolerância, então você pode misturar e combinar os ingredientes. Fazer purês de um só ingrediente é muito rápido, basta amassá-los com um garfo ou colocar num processador de alimentos.

Uma vez que seu filho atinge 8 meses ou mais, eles estão prontos para outras formas de se alimentar, além das papinhas e leite materno. Comece introduzindo lentamente temperos, alimentos mais sólidos, entre outros.

1. Redemoinho de Iogurte e frutas

redemoinho de iogurte e frutas

O leite vegetal ou animal pode ser introduzido na dieta do seu bebê com iogurte sem adição de açúcares. Complete com um purê de mirtilos e framboesas.

Ingredientes:

  • 1 xícara (125 g) de mirtilo fresco ou congelado;
  • 1 xícara (125 g) de framboesa fresca ou congelada;
  • Iogurte de leite integral.

Junte os mirtilos e as framboesas em um liquidificador ou processador de alimentos e processe até que vire um purê suave. Passe por uma peneira de malha fina e leve o caldo para uma panela pequena.

Coloque a panela em fogo médio e cozinhe até que o purê de frutas comece a engrossar, cerca de 5 minutos. Transfira para uma tigela e deixe esfriar completamente, mexendo ocasionalmente (o purê de frutas pode ser coberto e refrigerado por até três dias).

Quando estiver pronto para servir, adicione um pouco de iogurte na tigela do seu bebê e, usando uma colher, misture algumas colheradas do purê de frutas silvestres.

2. Mingau de aveia com frutas

mingau de aveia

Grãos integrais saudáveis ​​como arroz integral, cevada ou aveia são ricos em proteínas, fibras, micronutrientes e antioxidantes. Misture-os com bananas, passas ou maçãs.

Ingredientes:

  • 1/4 xícara de aveia moída (no liquidificador ou processador de alimentos);
  • 3/4 a 1 xícara de de água.

Coloque a água para ferver em uma panela. Adicione o pó de aveia. Deixe ferver por 10 minutos, mexendo sempre até ficar cozido. Se desejar, misture frutas ou leite e sirva morno.

Leia mais: Efeito na saúde das crianças por não brincarem na rua

3. Biscoitos para alívio das gengivas

biscoito

Dê um pouco de alívio para as gengivas doloridas do seu bebê com biscoitos mastigáveis ​​de 3 ingredientes, feitos com aveia seca, banana e óleo de coco. Esta receita rende 12 biscoitos — mas não se esqueça de arredondar as bordas para que não haja cantos afiados.

Ingredientes:

  • 2 xícaras de aveia seca;
  • 1 banana média;
  • 2 colheres (sopa) de óleo de coco.

Opcional:

  • 1 colher (chá) de extrato de baunilha natural;
  • 1/8 colher (chá) de canela.

Pré-aqueça o forno a 350 graus. Prepare uma assadeira com papel manteiga ou um tapete de silicone.

Em um liquidificador (ou processador de alimentos), triture bem a aveia, até que fique um pó muito fino. Acrescente a banana e o óleo de coco (e os ingredientes opcionais, se quiser) no liquidificador, até que fique bem misturado.

Se a massa estiver muito pegajosa, você pode passar um pouco de farinha (sem glúten ou farinha de trigo) no exterior da bola para facilitar o manuseio. Se a massa estiver muito seca, você pode adicionar um pouco de óleo de coco.

Divida a massa em 12 bolas. Abra cada bola, com a ajuda de um rolo, até que ela fique no formato redondo ou ovalado de cerca de 10 centímetros de comprimento e 2,5 4 cm de largura e cerca de 0,5 cm de espessura. Arredonde as bordas de cada biscoito com os dedos para que não haja bordas afiadas.

Coloque os biscoitos na assadeira, de forma que não encostem uns nos outros. Asse a 350 graus por 10 minutos. Vire e asse por mais 5 – 10 minutos, ou até que as bordas estejam douradas e os centros estejam assados, mas não muito crocantes.

Deixe esfriar completamente. Armazene em um recipiente hermético à temperatura ambiente, na geladeira ou no freezer.

4. Sopa De Beterraba De Cenoura

sopa de beterraba e cenoura

Naturalmente doce e fácil de digerir, vegetais como cenoura e beterraba são ricos em vitaminas, ferro e fibras. Feito com uma panela de pressão, esta receita está pronta para ingerir em apenas 10 minutos.

Ingredientes:

  • 1 cenoura de tamanho médio;
  • 1 beterraba de tamanho médio.

Limpe e descasque a cenoura e a beterraba e corte em cubos pequenos. Coloque-os em uma panela de pressão. Cozinhe até ficarem macios, o que pode levar de 5 a 10 minutos após começar a assobiar. Assim que estiverem prontos, retire do fogo e espere os legumes esfriarem. Você pode misturar os legumes e a água e depois coar ou esmagar os legumes e espremer a água.

Se quiser pode adicionar cominho em pó para temperar. Sirva a sopa aquecida.

5. Picolés para bebê

picolé

Perfeito para um dia quente ou apenas para aliviar as gengivas doloridas, os picolés podem ter duas combinações: manga, banana e leite de coco ou pêssegos, iogurte e banana.

Receita 1

Ingredientes:

  • 1 manga grande ou 2 mangas pequenas, descascadas e picadas;
  • 2 bananas muito maduras e picadas;
  • 3/4 de xícara de leite de coco.

Usando um processador de alimentos ou um liquidificador, bata tudo até ficar completamente homogêneo. Despeje em moldes de picolé e leve ao congelador por, no mínimo, 6 horas.

Receita 2

Ingredientes:

  • 2 pêssegos frescos, descascados e picados;
  • 1 xícara de iogurte natural;
  • 1 banana muito madura.

Usando um processador de alimentos ou um liquidificador, bata tudo até ficar completamente homogêneo. Despeje em moldes de picolé e leve ao congelador por, no mínimo, 6 horas.

Leia mais: 3 Contas no Instagram sobre maternidade com amor e sinceridade

6. Cozido de Festa Mexicana

festa mexicana

Esta receita vegetariana e freezer-friendly oferece uma mistura nutritiva de cebola, pimentão, milho, tomate, arroz integral e feijão preto.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de azeite extra-virgem;
  • 1 cebola pequena, em cubos;
  • ½ pimentão laranja ou amarelo em cubos;
  • 4 xícaras de caldo de legumes caseiro;
  • 1 colher (sopa) de cominho;
  • 1 xícara de feijão preto orgânico cozido / baixo teor de sal;
  • 1 xícara de milho amarelo fresco ou congelado (não usar se for alérgico);
  • 1 xícara de tomate orgânico, com pouco ou sem sal;
  • 2/3 xícaras de arroz integral.

Aqueça o óleo em uma panela grande. Refogue as cebolas e os pimentões em óleo até ficarem macios. Adicione o caldo de legumes, pimenta em pó, feijão preto, milho, tomate e arroz e cozinhe em fogo baixo por 40 minutos, ou até que o arroz esteja macio.

Depois de esfriar, misture até atingir a consistência desejada ou sirva como está. Se quiser congelar divida a receita em potes, espere esfriar e congele.

7. Doces congelados de iogurte

doces de iogurte

Esta receita é uma adaptação caseira de um doce americano, conhecido como Yogurte Melts. Porém, ela corta o açúcar para proporcionar mais saúde ao bebê. É super fácil de fazer, apenas misture a fruta favorita do seu pequeno junto com iogurte natural, coloque-os em uma assadeira forrada com papel manteiga e congele.

Ingredientes:

  • Fruta favorita do bebê, que dê de processar;
  • Iogurte natural (pode ser o grego).

Corte a fruta em pedaços e coloque no liquidificador ou processador. Triture até ficar um purê. Em seguida, adicione cerca de duas vezes mais iogurte natural e misture. Forre uma assadeira com papel manteiga.

Faça pequenas gotas de iogurte usando um saco de confeiteiro ou um saco ziplock com um corte do canto. Congele até ficar sólido, depois remova as gotas e coloque-as em um recipiente de plástico seguro para freezer ou saquinho.

Dê os doces ainda congelados para o seu filho comer.

Com essas receitas, a alimentação do seu bebê vai continuar a ser saudável e com mais variedades de alimentos. Aproveitando o tema, confira os benefícios do colar de âmbar e de amamentação para a sua família.

Traduzido e adaptado de Natural Living Ideas.

Charlene Peruchi
escrito por:Charlene Peruchi
Uma sonhadora, que acredita num mundo melhor e nos seres humanos vivendo em harmonia com a Natureza. Amante da fotografia, do artesanato e de músicas incomuns, diz que não viveria por muito tempo sem a arte na sua vida. Vegetariana por amor ao próximo e praticante de Yoga por amor a si. Em resumo, é um ser complexo que gosta da vida simples.

Deixe um comentário