Vida Natural

6 óleos essenciais benéficos para os cães

cão

Óleos essenciais podem oferecer uma infinidade de benefícios para os seres humanos e, além disso, eles podem ajudar nossos animais de estimação – especialmente os nossos cãezinhos. O olfato é um sentido primordial e essencial. Quantas vezes você se observou sentindo um cheiro e, por conta dele, relembrando um momento da sua vida?

Os cheiros bons podem nos acalmar e relaxar, além de proporcionarem outros benefícios. Por outro lado cheiros ruins podem fazer o oposto. Nossos animais de estimação também usam o sentido do olfato, mas isso se sobrepõe ao do ser humano em cerca de 10.000 a 100.00 vezes.

Os cães podem detectar alguns odores em partes por trilhão, o que significa que, embora normalmente possamos detectar se nosso café matinal recebeu uma colher de chá de açúcar, um cão pode detectar uma colher de chá de açúcar em um milhão de galões de água. Nossos animais de estimação usam seu olfato para obter todos os tipos de informações complexas do ambiente e essas informações são usadas para calcular e prever quais estados de energia e resposta eles devem adotar.

Enquanto a aromaterapia pode ser de grande utilidade para os animais, antes de tentar, é importante saber como usar corretamente os óleos essenciais para que os animais não sejam prejudicados no processo. Óleos essenciais são absorvidos por inalação, ingestão e contato com a pele. Eles entram na corrente sanguínea muito rapidamente e são distribuídos para vários tecidos.

Assim como todo composto, alguns têm uma afinidade biológica por tecidos específicos, e aqueles que são especialistas em aromaterapia podem usar essa propriedade para selecionar óleos que terão como alvo tecidos específicos. É muito importante lembrar que quantidades muito pequenas desses compostos podem ter efeitos biológicos poderosos em todos os sistemas do corpo. Por exemplo, o óleo de lavanda tem efeitos poderosos no cérebro e cria uma sensação calmante. Pequenas quantidades de óleo de lavanda podem ser usadas para acalmar animais de estimação ou fazê-los sentir-se sonolentos, como quando viajam, por exemplo.

Outra coisa que é importante saber é que, embora existam alguns óleos que são bons para cães e cavalos, geralmente não são bons para gatos, coelhos ou pássaros, simplesmente devido ao tamanho menor de seus corpos. Se você quiser usá-los nesses animais menores, fale com seu veterinário primeiro.

cão

30 óleos essenciais que você nunca deve usar em qualquer animal

  • Anis (Pimpinella anisum)
  • Vidoeiro (Betula)
  • Amêndoa Amarga (Prunus dulcis)
  • Boldo (Peumus boldus)
  • Cálamo (Acorus calamus)
  • Cânfora (Cinnamomum camphora)
  • Cassia (Cassia fistula)
  • Chenopodium (álbum de Chenopodium)
  • Cravinho (Syzygium aromaticum)
  • Alho (Allium sativum)
  • Goosefoot (Chenopodium murale)
  • Rábano (Armoracia rusticana)
  • Hissopo (Hyssopus sp. Com exceção de Decumbens)
  • Juniper (Juniperus sp., Com exceção de Juniper Berry)
  • Artemísia (Artemisia vulgaris)
  • Mostarda (Brassica juncea)
  • Orégano (Origanum vulgare)
  • Pennyroyal (Mentha pulegium)
  • Tomilho vermelho ou branco
  • Rue (Ruta graveolens)
  • Santolina (Santolina chamaecyparissus)
  • Sassafras (albidum de sassafrás)
  • Salgados (Satureja)
  • Tansy (Tanacetum vulgare)
  • Óleo de Tea Tree (Melaleuca alternifolia)
  • Terebinto (Pistacia palaestina)
  • Thuja (Thuja occidentalis)
  • Wintergreen (Gaultheria procumbens)
  • Absinto (Artemisia absinthium)
  • Milefólio (Achillea millefolium)

Existem alguns óleos essenciais que são considerados seguros para cães em quantidades muito pequenas, no entanto, é importante tomar algumas medidas primeiro para que eles possam se acostumar com o perfume e para que você esteja ciente de como esse perfume irá afetá-los.

Leia mais: Aromaterapia e seu poder de mudar as emoções

Escolhendo os melhores óleos essenciais

Usar um óleo essencial de baixa qualidade pode ser ineficaz ou mesmo prejudicial. Estes óleos foram destilados de colheitas pobres e podem ter aditivos, foram manuseados indevidamente ou são velhos.

Há uma série de sinais para analisar que ajudará a garantir que seu óleo é de alta qualidade e 100% puro.

  1. Ao fazer compras on-line, certifique-se de que a loja inclui o nome comum do óleo, bem como o nome em latim. Se o nome em latim não estiver lá, na verdade pode ser um óleo não essencial que simplesmente tenha perfume adicionado para dar seu aroma.
  2. Se o preço do óleo é muito baixo, há uma boa chance de não ser de boa qualidade, já que é necessária uma quantidade surpreendentemente grande de plantas para produzi-lo. A quantidade pode diminuir ou aumentar dependendo do tipo, mas considere que apenas 0,5 quilo de óleo de lavanda requer mais de 68 quilos de flores de lavanda, e mais de 113 quilos de folhas de hortelã são necessárias para fazer 0,5 quilo de óleo essencial de hortelã.
  3. Como os óleos essenciais são criados a partir de plantas, a compra de um óleo orgânico é importante para evitar a contaminação potencial de pesticidas. Enquanto a maioria das marcas carrega o selo oficial indicando que o produto é orgânico, você também deve procurar por um óleo que seja rotulado como “silvestre”. Isso significa que a planta usada para fazer o óleo foi colhida na natureza, e não cultivada – o que indica que não foi pulverizada com produtos químicos.
  4. O rótulo deve sempre indicar se o óleo essencial é 100% puro. Se isso não acontecer, significa que foi alterado ou misturado com outra coisa. Para um óleo ser eficaz, ele precisa ser puro.
  5. Você também pode testar seu óleo por pureza assim que o tiver comprado. Para fazer isso, simplesmente coloque uma única gota em um pedaço de papel branco e deixe secar. Se ficar um anel de óleo, não é um óleo essencial puro. Há exceções (sândalo, óleos de patchuli e camomila alemã), pois alguns óleos têm uma cor mais profunda e consistência mais pesada, e podem deixar um leve tom, embora não devam ser gordurosos.

Se o seu cão não mostrar sinais de irritação ou outros efeitos negativos e você quiser usá-lo topicamente, então você pode começar com uma única gota de óleo diluído em 50 gotas de óleo veicular e aplicá-lo na parte de trás do pescoço.

óleos essenciais

7 melhores óleos essenciais que são, geralmente, seguros para cães

Veterinários são hábeis no diagnóstico de doenças em animais e devem sempre ser consultados quando seu animal de estimação está apresentando sintomas graves ou persistentes, no entanto, os seguintes óleos essenciais podem ser usados ​​em primeiros socorros e são, geralmente, considerados seguros para uso a curto prazo. Mas qualquer dúvida, consulte seu veterinário ou um aromaterapeuta.

1. Óleo de cedro

Cedro, ou óleo de cedro, nome latino Cedrus Atlantica ou deodara, é mais conhecido por sua poderosa capacidade de repelir e matar pragas, como pulgas. Tem uma ampla gama de propriedades benéficas, incluindo ser um antisséptico para os pulmões e expectorante para tossir. Ele estimula a circulação e é bom para resolver a rigidez em cães que, geralmente, ocorre com o aumento da idade, bem como artrite e dor nas costas. Pode também ajudar a eliminar a caspa, fortalecer a função renal e ser usado como um tônico geral, calmante, especialmente para agressão nervosa, cães que são especialmente tímidos, ou aqueles que precisam de um maior senso de segurança interna, incluindo aqueles que têm sérios problemas de separação.

2. Óleo de lavanda

O óleo de lavanda, nome latino Lavandula angustifolia, é considerado um dos óleos essenciais mais versáteis, criando uma sensação de paz e harmonia e oferecendo um efeito calmante em cães e também nos seres humanos. Este óleo é calmante para o sistema nervoso central e só pode ser usado efetivamente para ajudar um cão a se acostumar com um espaço seguro. Pode aliviar a ansiedade no passeio de carro, como também ajuda com alergias e insônia. Um estudo de 2006 descobriu que o uso de óleo essencial de lavanda em cães reduziu seu movimento e vocalização durante a viagem. O autor do estudo concluiu: “Os tratamentos tradicionais para a excitação induzida por viagens em cães podem ser demorados, caros ou associados a efeitos adversos. A aromaterapia na forma de odor difusor de lavanda pode oferecer um tratamento alternativo e prático… ”.

Este é um óleo bom e seguro para usar sempre que seu cão estiver em uma situação estressante, como uma viagem ao veterinário ou quando estiver viajando, bem como durante o treinamento para diminuir a hiperatividade.

Leia mais: Faça você mesmo – xampu caseiro para cães

3. Óleo de capim-limão

O óleo de capim-limão é bem conhecido por repelir insetos como pulgas, carrapatos e mosquitos, devido ao seu alto conteúdo de citral e geraniol. Também pode ser usado para matar pulgas. Adicione 2-3 gotas do óleo à água em um borrifador e, em seguida, aplique o spray no pelo do seu animal de estimação e massageie. Não só irá manter os carrapatos e pulgas longe, como também pode melhorar a condição da pele do seu cão.

4. Óleo de citronela

O óleo de citronela também é conhecido por suas habilidades de repelir insetos. Não use essas velas de citronela cheias de produtos químicos e compradas em lojas. Quando você pensa em óleo de citronela, você provavelmente imagina uma vela queimando em uma tarde úmida de verão mantendo os mosquitos à distância, mas também tem um cheiro que domina os seres humanos, então pense no que isso vai fazer com seu cão. Mas quando se utiliza um óleo essencial puro, não só é considerado totalmente não-tóxico, mas quando usado em pequenas quantidades, não ficará com um cheiro tão intenso e ainda irá afastar os insetos. Ele não afasta apenas carrapatos, ele é muito eficaz contra o Aedes Aegypti, cuja picada pode transmitir a febre amarela e a dengue. Você pode usá-lo como a erva-cidreira, adicionando 2 a 3 gotas na água em um frasco de spray, aplique no pelo e massageie.

5. Óleo de hortelã

O óleo de hortelã, quando usado como indicado pelo seu veterinário, pode ajudar na perda de peso em seu cão e também resolver problemas como diarréia e cólicas. É conhecido por ajudar a equilibrar o metabolismo e estimular a bexiga. Quando usado diluído em pequenas quantidades a curto prazo, pode ajudar numa ampla gama de problemas gastrointestinais em cães.

6. Óleo de cardamomo

Cardamomo é bem conhecido por seus benefícios para o sistema digestivo e respiratório. É geralmente mais suave e mais seguro para as crianças, e a maioria dos especialistas considera seguro para os cães. Ajuda a manter o equilíbrio gastrointestinal ideal, facilita a digestão e acalma a dor de estômago, além de ajudar na saúde respiratória e promover uma melhor respiração. Pode elevar o humor de um cão mal-humorado ou ansioso. É excelente para os humanos e seus animais de estimação para recuperar o controle quando se sentem sobrecarregados e é benéfico para cães com uma longa história de agressão. Difundi-lo pode ajudar a criar um ambiente calmo para o seu animal de estimação.

Traduzido e adaptado de Natural Living Ideas.

Charlene Peruchi
escrito por:Charlene Peruchi
Uma sonhadora, que acredita num mundo melhor e nos seres humanos vivendo em harmonia com a Natureza. Amante da fotografia, do artesanato e de músicas incomuns, diz que não viveria por muito tempo sem a arte na sua vida. Vegetariana por amor ao próximo e praticante de Yoga por amor a si. Em resumo, é um ser complexo que gosta da vida simples.

Deixe um comentário