Nosso DiárioViagem

O guia definitivo do viajante sem dinheiro

5

Tá pensando que não tem grana suficiente para viajar?

Agora pense novamente. Com algumas dicas simples, o Jardim do Mundo vai revelar como pode ser fácil viajar com pouco (ou quase nenhum) dinheiro. Basta você gastar algum tempo navegando pela web e arranjar tudo, bem planejado!

Dinheiro

Isso é algo que ouvimos de quase todo mundo.

– Eu simplesmente não tenho dinheiro suficiente para viajar.
Uma vez que esta questão surge muitas vezes , gostaríamos de lembrar constantemente desse fato:

Você não precisa ser rico para viajar.

Vamos repetir isso.

Você não precisa ser rico para viajar.

Lisboa
Lisboa

Com certeza, nós não temos dinheiro o suficiente para viajar por tempo indeterminado. Arriscamos em aventuras com uma certa certeza de que vale a pena tentar. Estar em um lugar diferente e quebrar a cara é tão normal quanto estar no mesmo lugar e quebrar a cara. A questão é priorizar o que você realmente gosta de fazer. Em 4 anos juntos, viajando, seja por diversão, seja por uma oportunidade melhor, ainda não vemos nada além de boas experiências, tanto nossos “apertos” a procura de trabalho, estudo e sustento quanto escolhendo com empolgação a próxima cidade ou país que iremos morar ou visitar.

No entanto, conseguimos economizar o suficiente para viajar por ai, e já tocamos os pé em três continentes e diversas ilhas e não vemos a hora de visitar e revisitar estes e novos lugares de histórias e energias.

Mas, como fizemos?

Simples, fizemos disso nossa prioridade. Se a viagem não é uma prioridade, você sempre vai encontrar alguma outras coisa para gastar o dinheiro e você nunca vai ter “bastante” dinheiro para viajar. A segunda prioridade? Pesquisar exaustivamente pois a internet é o maior aliado do viajante contemporâneo, sem sombra de duvidas.

Nós nunca temos dinheiro suficiente para ir às compras ou comprar um novo aparelho eletrônico porque gastamos o dinheiro em viagens (ou a maior parte dele, por isso adequamos o tempo de acordo com o destino e nossas economias), então não resta muito mais para as outras despesas não prioritárias. Tudo o que fazemos é focado em ter mais algum dinheiro ou habilidade para a viagem, seja em workshops para aprender uma receita nova com vegetais que você encontra na natureza, seja parando e trabalhando para juntar uma grana para continuar (e para outras coisas que amamos, como comidas internacionais, filmes e os passeios por onde moramos)!

Como dissemos, você pode poupar para viajar se essa for, ou você fizer ela a sua meta.

Trabalhe no exterior – Não ganha dinheiro suficiente em seu trabalho? Por que não começar um trabalho no exterior? Há uma abundância de oportunidades pelo mundo todo, desde que você não seja muito exigente, não vai ser necessário tanta preocupação – e, afinal, isto não é uma carreira que você vai começar, é apenas uma maneira de ganhar dinheiro para viajar e já estar desbravando. Um bom começo é saber falar algum inglês, mas se você não aguenta mais seu emprego faça como agente fez e aprenda o idioma onde ele é falado (pode parecer assustador e impossível mas se você for um pouquinho curioso vai aprender em poucos meses. Aqui estão alguns trabalhos para poder começar a pagar as suas contas no exterior e financiar as suas viagens:

[veja os links úteis no final deste post]

Aupair (Babá): Lara já trabalhou em várias oportunidades ocasionais como aupair e conseguiu juntar um bom dinheiro;

Trabalhador de Hostel (Albergue): Já trabalhamos na recepção de albergues por pouco mais de um mês em cada, para conhecer cada canto da cidade/país que estávamos;

Garçonete / Garçom: Nós dois já trabalhamos nesta área, o que não faltam são oportunidades no verão Europeu;

Trabalhador Agrícola: Fizemos wwoofing, ou seja, trabalhamos em fazendas de produção orgânica em troca de acomodação, aprendizagem e comida orgânica, da melhor qualidade;

Caseiro: Já viajamos cuidando de casas e animais de estimação pelo caminho, enquanto seus donos se ausentavam por algumas semanas;

 

Coimbra
Coimbra

Tele Marketing Internacional: Tivemos algumas entrevistas nessa área em Malta, famosa por ser um centro de jogos e negócios virtuais (na Europa existem companhias internacionais que precisam de pessoal fluente em português);

Trabalhador  para  Cruzeiro: Bastante exaustivo mas compensador, ao que pesquisamos;

Trabalhador sazonal: Emi já trabalhou como segurança de uma loja de souvenirs, como falamos antes, o que não falta são oportunidades de trabalho de verão na Europa.

5
Barcelona

Trabalhar no exterior muitas vezes não é uma opção, pois parece difícil de se imaginar trabalhando em um lugar que você não conhece. Acreditamos que basta ser aberto. Estes trabalhos não exigem graus avançados ou muita experiência para trabalhar. Você está indo para obter algum trabalho  de alta qualificação? Não.

Você vai ganhar experiência em um emprego fora da sua área mas que vai pagar todas as suas contas de viagens?

Sim ! Conhecemos pessoas de todas as áreas de atuação, financiando suas viagens desta maneira, por um período curto ou indeterminadamente, como nós.

É também possível conseguir um emprego na sua área de atuação. países como o Canadá, procuram mão de obra especializada e outros países da Europa possuem uma comunidade internacional enorme, incluindo brasileiros e portugueses, principalmente capitais, e isso tem um motivo… empregos e oportunidades.

Transporte – esteja sempre atento e procure os melhores meios de se locomover de acordo com o seu destino. Compare preços em buscadores e depois faça uma procura no site da companhia aérea mais barata. Faça seu próprio itinerário, seja por qual meio for. Em alguns países o aluguel de carros são bastante razoáveis, em outros uma bicicleta quebra um galho (particularmente nosso favorito, junto das caminhadas). Tickets diários, para excursões mais extensas, são recomendados e, em alguns lugares do mundo,você pode até arranjar carona pela internet. 

Percursos a pé são sempre gratuitos – Quer saber mais sobre a cidade, se orientar e ver os principais pontos turísticos? Dê um passeio a pé. Você pode encontrar circuitos a pé em 90% das cidades da Europa, e há também algumas em grandes cidades da Ásia , Austrália, Nova Zelândia e América. Nós particularmente, somos adeptos ao tour de bike ou a pé. Sentir os ares da cidade e os aromas, correr da chuva e secar o rosto no sol de um parque verdejante, é o que se passa conosco quando saímos pelas cidades a explorar seu potencial cultural e ainda…fazer o sangue circular.

Asturias
Asturias

House Sit – não pode pagar as suas férias ? Cuide da casa de alguém enquanto os donos viajam. House Sit significa caseiro, ou seja, você se apresenta a alguém que procura alguém para cuidar de sua casa enquanto viaja. Você pode se inscrever para isso em alguns sites (em inglês). Essa pratica lhe permite ficar em um destino por um tempo mais longo e conhecê-lo bem, sem ter que pagar por alojamento. Bônus : você recebe uma cozinha para preparar sua comida!

Cozinhe suas refeições – A melhor maneira de economizar dinheiro na estrada é cozinhar as suas próprias refeições, por isso, para ser um viajante, convém ter alguma habilidade na cozinha. Se você não é muito exigente, melhor. Já nós, adoramos uma boa comida, por isso estamos constantemente em busca de novas receitas já que se pode visitar e lembrar de alguns lugares por suas delicias gastronômicas típicas. Hostels e couchsurfing sempre te oferecem uma cozinha, isso significa hospedagem barata ou gratuita e refeições a medida.

Mas não deixe de experimentar a comida do seu destino. Isso ajuda a acumular memorias agradáveis.

Aqui disponibilizamos mais informações sobre como reduzir suas despesas de alimentação e hospedagem quando você viaja:

Couchsurfing – o couchsurfing, ou surf no sofá,em tradução livre, significa uma grande rede com base na internet onde os filiados podem receber ou procurar acomodação na casa de outra pessoa. O Couchsurfing conta com afiliados de praticamente todos destinos do mundo e é bastante confiável. Basta você conferir o perfil do seu host (quem vai lhe receber) e enviar uma solicitação. Se ele gostar ele confirma ou não o seu pedido. Nós já hospedamos e fomos hospedados com o couchsurfing e funciona, simplesmente assim. Custo: $ 0

 Cascais
Cascais

[Clique aqui e confira esta matéria do Jardim do Mundo sobre o Couchsurfing]

WWOOFing –  Trabalhar em uma fazenda vai te dar espaço e autonomia suficiente para ser um guru quando o negocio é viajar barato, ao mesmo tempo que irá lhe proporcionar ótimas experiências ao ar livre e conhecimentos sobre técnicas e conhecimentos da vida longe das cidades. Você tem que pagar para chegar à fazenda, mas quando você está lá , todo o resto é de graça.

[Veja também essa sobre o WWoofing]

E aqui vão mais quatro maneiras de economizar dinheiro, que custam alguma coisa mas ainda são muito baratas :

Adiante-se – Reservas com antecedência geralmente podem lhe economizar cerca de 50% do custo de um bilhete de trem, avião ou ônibus.

Durma em grandes dormitórios – grandes quartos de albergue são os mais baratos alojamento pago no exterior. Se Couchsurfing não é a sua, esta dica esta próxima da melhor maneira de economizar dinheiro em um lugar para dormir.

Use cartão de estudante e outros cartões de desconto – Você é estudante , professor, ou tem menos de 26 anos? Bem vindo ao mundo de 50 % de desconto em atrações e uma infinidade de descontos. Tenha em mãos um cartão de estudante / professor / e outros e economize!

Obtenha cartões turísticos da cidade – Se você está pensando em ver um monte de pontos turísticos em alguma cidade, você deve obter um cartão de turismo local que lhe oferece acesso, com desconto e/ou gratuito, para as principais atrações e museus, assim como o transporte público. É uma maneira incrível de poupar dinheiro em atrações que são destinos óbvios de todo turista

[clique e veja mais dicas de um casal de mochila pelo mundo]

Malta
Malta

Reunindo todas essas dicas, você agora vai ser capaz de viajar com, relativamente, pouco dinheiro. Afinal, nós economizamos dinheiro para comprar uma motorhome, parando de pagar aluguel, o que retornou nosso dinheiro do investimento no carro e ao mesmo tempo tendo a oportunidade de viver a experiência de viagens incríveis pela Europa e ainda economizando com combustível fazendo nossa própria mistura de biodiesel de óleo vegetal usado.

Se nós pudemos fazer isso, você pode também.

Mesmo suas semanas de férias não precisam custar tanto e, a medida que seu gosto e coragem aumentarem com o decorrer dos quilômetros, mais experiência você vai acumular para ir mais longe. Alias… este deve ser a principal característica de ser um viajante: quando ele der o próximo passo vai aprender o caminho para os próximos dois e assim sucessivamente, desde que você continue em frente.

Se você já é um viajante, sabe que existem muitas mais oportunidades, desde as mais obvias até aquelas mãnhas que só os experts tem acesso. Em qualquer caso, esse guia será ótima materia-prima para você planejar suas viagens de mochila e tornar-se um expert também.

E que ele transforme a viagem de um sonho em realidade.

IMG_0999
Sintra

Deixe seu comentário logo abaixo e conte-nos seu sonho de viagem, esteja ele realizado ou não.

Na seleção de links abaixo você encontra os portais mais populares para viajar pelo mundo de graça

 

AUPAIR: A profissional au pair é recebida em um país de língua estrangeira por uma família com crianças, onde recebe moradia, uma bolsa de estudos (geralmente do idioma local). Tem como responsabilidade o cuidado com as crianças da família anfitriã e ajuda com parte dos trabalhos domésticos da casa. É uma oportunidade para jovens que querem conhecer um novo país, aprender uma nova língua e garantir um trabalho remunerado neste processo.

Aupair World       Great Aupair

CARONA: Existem vários sites que socializam os interessados em pegar uma carona. Para conseguir sua carona, basta preencher o questionário e aguardar. O esquema também funciona ao contrário, ou seja, se você deseja dá uma vaguinha do seu veículo para outra pessoa. Além de seguro, você contribui para um mundo sustentável.

Carona Brasil  Caronas  Caronetas  Car Uni  Uni Caronas  Hitchhikers  Blablablacar

TRABALHO VOLUNTÁRIO EM FAZENDAS ORGÂNICAS: Que tal se hospedar gratuitamente por todo o mundo, ter três refeições diárias, aprender sobre como cultivar vegetais e frutas sem agrotóxicos, aprender técnicas de bioconstrução, em troca de trabalhar meio período em contato com a natureza?

Work Away  Helpx  Wwoofing

TRABALHO PAGO PARA COLHER FRUTAS: A temporada de colheita de frutas nos Estados Unidos e Europa emprega muita gente. Já pensou em trabalhar um mês para custear o resto da sua viagem?

AnyWork Picking Jobs Pick Nz

HOSPEDAGEM GRATUITA: Use o couchsurfing para encontrar hospedagem gratuita em todo o mundo.

Couchsurfing

Print Friendly
Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo
Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

30 Comentários

  • Emiliano … não sei vc lembra de mim … mas lembro de vc pequenino…um pouco bagunceiro ….. rsrsrs…sua irmã Joana … suas primas … Mica ..Fraya…Vane…. seu pai …o cara mais figura que já conheci .. sua mãe Monica e sua inesquessível tia Brega… e olha … tenho uma enorme carinho por todos vcs … e agora uma imensa admiração por vc…. sinceramente acho que vcs são as pessoas mais felizes que já vi… acompanho seus post … e adoro cada um deles .. que vcs dois nunca percam esse espirito aventureiro …que isso tenho certeza herdou do seu pai… e que sejam eternamente felizes pelos jardins do mundo …. um grande abraço…

  • Parabens pela iniciativa meu amigo! Curto o site de voces, e saiba que estou aqui morrendo de inveja (boa). kkkk! Grande abraço e curta cada lugar e aventura que fizerem. Parabens novamente. Abracao

  • Amei!! *-*

    Eu já sabia da existência do Au pair, mas só vi em agências de intercâmbio, tem como fazer por conta? Pensei em aproveitar as férias da faculdade (e talvez a copa) pra viajar e juntar um dinheiro pro mochilão pela América do Sul que tô planejando pra 2015!

    Muita luz nessa estrada de vcs!

    Obrigada!

    • Aline, tava olhando os comentários e o que tu está planejando fazer é a mesma ideia que eu tive. Não pretendo passar a copa aqui no Brasil, porém ainda não tenho dinheiro suficiente guardado para fazer um mochilão ou algo do tipo como venho sonhado a algum tempo. Se puder manter contato para trocarmos alguma ideia poderia me ajudar. Não tenho tanta experiência, apesar de ter essa vontade de mochilão e viajar a muito tempo, a pouco eu venho procurando informações sobre…mas qualquer ajuda é bem vinda!!

  • Cara…meus parabéns….estou indo pra Alemanha e leste europeu agora dia 15/04/2014…e só tenho passagem de ida e volta…hospedagem ? Couch…e o que pudermos arrumar de barato…ficamos por lá até dia 4/5/2014 (embarque pro Brasil), então estamos (eu e meu amigo) estudando modos de baratear o transporte, hospedagem, alimentação e passeios. Aceito sugestões ! Nessa viagem acho que não vou poder pegar algum trampo pois são poucos dias…mas quero informações sobre trabalho no Canadá (onde pretendo morar um dia), entendo e falo um pouco de inglês e espanhol, e estou aprendendo o básico de alemão (tudo por conta própria)…Como sou profissional da área de TI a 20 anos, trabalho nessa área no Canadá seria fácil…mas pretendo ir ano que vem…sem objetivo de ficar na minha área…me sustentar por lá e quando tiver a grana necessária e o domínio do idioma…aplicar a estadia pro visto ou procurar um emprego na minha área e pedir o visto….novamente…aceito dicas !!! Minha ideia é estudar inglês em Dublin….também penso em viver em Portugal ou Espanha, desde já, obrigado pela informação !!

  • Cara eu adoro as histórias de vocês, eu particularmente tem um grande sonho que viajar como um verdadeiro itinerante, só que eu tenho algumas limitações mas isso não vai ser um problema. Eu já estou aprendendo inglês e sei espanhol (aprendi na internet) tenho muitos amigos virtuais em alguns paises latinos e isso vai me ajudar um bocado, minha primeira viagem internacional está prevista para 2015 vou á Europa, tenho uma tia que vive lá e vou fazer o possível para conhecer o máximo que eu puder sem gastar muito. obrigada pelas dicas.

  • Adorei todas as dicas, que alias são muitas.
    Parabéns por ser essa pessoa disposta a partilhar seu mundo.
    Gostaria também de dicas de hotéis para trabalhar falando português?

    Grata
    Ivete

  • Apaixonante! Nunca tinha visitado o Jardim do Mundo… Essa foi a primeira postagem de vocês que acabei de ver. Eu e meu companheiro temos também o sonho de fazer do Mundo o nosso Jardim, e viajar por ele naturalmente. Obrigada por compartilhar a história de vocês, meu coração esta radiante por saber que é possível viajar sem limitações… Muita luz na jornada de vocês _/\_

  • Olá pessoal. Como você mesmo já comentou, as vezes temos um sonho e muitas vezes deixamos que a vida nos dê rumos variados, e acabamos nos perdendo no que realmente queremos. E eu tenho um sonho antigo de conhecer o Canadá. Mas não tenho condições financeiras para isso. e lendo este blog, pensei, será que eles são a luz no fim do meu túnel? Bom, O que vocês podem me sugerir? Estou tentando aprender francês. Mas o que realmente preciso é priorizar minhas metas. Minha família não apóia esta minha ideia, por medo. E tenho 44 anos e estou solteira. Pelo menos um sonho desses quero poder realizar. Ainda me sinto jovem o suficiente para isso. Obrigada!

  • E gostaria de saber de uma sugestão de trabalho no Canadá se vocês tiverem. Infelizmente, não tenho formação superior mas tenho vários cursos. E qualquer trabalho decente será bem vindo.

  • Olá pessoal, adorei o guia. Muitas dicas excelentes. Aproveitando a experiencia de vocês, gostaria de fazer uma pergunta. Sempre tive a curiosidade de saber como fica a questão da imigração no caso de uma viagem assim, digamos, “sem volta”? Normalmente se faz aquela entrevista na imigração, onde se pergunta tempo de permanência e em muitos casos até pedem para ver a passagem de retorno. Já passaram por uma situação assim? E como procederam?

    • Oi Fabio,

      Obrigado pelo seu contato. Existem situações e situações. Na Europa, por ex. voce somente precisa ter em mãos alguns documentos básicos e voce pode entrar no continente sem visita previa a consulado. Voce recebe o visto de turista, valido por 3 meses. Nos ja passamos por muitas situações com relação a isso. Para permanecer em determinado lugar, a opção de muitos é o visto de estudante, mas este esta sempre sujeito a legislação do pais ou região que esta visitando. Hoje, depois de um longo processo, temos a cidadania, por termos antepassados europeus recentes e documentados.

  • Olá. Parabéns pelo site e pela matéria. Tenho uma dúvida, estou pretendendo fazer intercâmbio para Nova Zelândia para aprimorar o inglês, mas pelo dinheiro curto estou pensando em fazer o intercâmbio de um mês, para mim é pouco pois gostaria de permanecer mais tempo no exterior,vocês falam bastante sobre trabalho e eu gostaria muito de trabalhar mas nas agências eles te dizem que você só pode trabalhar se fechar o pacote de estudo e trabalho pois precisa aplicar o visto correto para tal. A minha dúvida é, se eu consigo ir com o meu curso de inglês de um mês e depois conseguir trabalho e até fazer outros cursos, e ir levando onde o coração mandar. Muita luz no caminho de vocês e obrigada!!

  • Adorei as histórias e as dicas de vocês. Espero poder usar algumas delas em viagens no futuro. Ainda sou muito novo pra fazer viagens independentemente, e nunca saí do país, mas quero muito conhecer Londres o mais cedo possível. Tenho esse sonho há algum tempo, e esse texto me fez ver que as dificuldades são bem menores do que eu pensava. Ótimo trabalho e boa sorte. ;D

  • Olá; Como vocês estão?

    Eu sou estudante de arquitetura e urbanismo e tenho muita vontade de me jogar na Europa para viajar por pequenas e grandes cidades, seguindo esses métodos que vocês destacaram no blog.

    É possivel eu comprar a passagem de ida e volta e ficar por tempo indeterminado e depois renovar? (exemplo de 1 ou 2 anos) / eu não faço ideia de como isso funciona. E como funciona o visto nesses casos? afinal eu vou estar passando por vários países e me acomodando por um período em cada um deles.

    Abraços

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos

%d blogueiros gostam disto: