EntretenimentoViagem

Viajar te deixa mais atraente, jovem e criativo

1tra

Porque você realmente precisa de algum incentivo extra para planejar uma viagem, né? Sei… então a gente te dá uma mãozinha.

Sabe aquela sensação de que o tempo demorou uma eternidade para passar? Acontece quando você viaja para um lugar novo, de preferência bem exótico. E isso é bom, faz seu cérebro rejuvenescer.

Nos Estados Unidos, o professor de neurociência David Eagleman, do Baylor College of Medicine, fez uma série de experimentos para comprovar como o tempo passa diferente para cada um. Ou em cada fase da vida. Ele constatou que durante a infância, quando tudo é novo, o cérebro tem uma porção de coisas desconhecidas para provar e memorizar (cheiros, gostos, imagens). Aí otempo passa mais devagar. Mas na rotina diária, em que quase tudo é igual ao dia anterior, não há desafio nenhum. É uma mesmice entediante. A forma mais fácil de refrescar seu cérebro é viajar pelo mundão – conhecer lugares completamente diferentes. Nesses momentos, ele volta a trabalhar com força total…

E aquele velho papo de que uma viagem abre sua cabeça é mesmo verdade. Uma pesquisa daUniversidade de Indiana, na cidade de Bloomington, convidou voluntários para um teste. Eles precisavam criar soluções de transporte para a cidade. Enquanto um grupo vivia em Bloomington, o outro morava na Grécia. As ideias mais criativas saíram dos estudantes de fora. Quando você se distancia do problema, seja geograficamente, com uma viagem de férias, você encontra soluções menos óbvias.

Com tanta bagagem cultural e criatividade, não é difícil imaginar que seu papo também vai ser tornar mais interessante, certo? Segundo uma pesquisa do site Itsjustlunch.com, no primeiro encontro, as pessoas gostam mais de conversar sobre hobbies e viagens. Ou seja, dá para ganhar uns pontinhos a mais na paquera.

Gostou? Ainda dá tempo de se planejar e curtir a páscoa longe da rotina…

Trilha Sonora para acompanhar o post 🙂

Via

Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo
Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos