antropologia

EntretenimentoFilmes e Documentários

O Abraço da Serpente ( 2015)

serpente_02
visualizações
4381

O criticamente aclamado novo filme do diretor colombiano Ciro Guerra conta a história da invasão da selva sagrada por uma perspectiva indígena.

No começo do século 20, o etnólogo Theodor Koch-Grünberg chegou a Amazônia pretendendo estudar seus povos indígenas. Algumas dezenas de anos depois, o biólogo norte-americano Richard Evan Schultes entrou na selva para estudar plantas usadas por essas mesmas populações indígenas. Essas duas histórias reais são o ponto de partida para El abrazo de la serpiente, um filme do diretor colombiano de 34 anos Ciro Guerra. Usando esses dois cientistas como enquadramento, Guerra ficcionalizou a história de uma comunidade indígena esquecida e como o último membro da tribo embarcou numa importante jornada, primeiro em sua juventude com Koch-Grünberg e depois muito mais velho com Schultes. 

Entretenimento

Um incrível registro de 30 tribos e culturas que estão desaparecendo

1
visualizações
605

Quem vive em uma caixa de concreto, com água quente caindo do chuveiro, geladeira e wi-fi pode não conseguir imaginar como é um dia na vida de uma tribo como os Tsaatan. Eles se mudam de cinco a dez vezes por ano, constroem cabanas para se manterem protegidos da temperatura de -40º C, e criam renas para transporte, roupas e alimentos.

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos

%d blogueiros gostam disto: