Jardim do Mundo
menu
Jardim do Mundo
SaúdeVida Natural

Respire melhor para viver melhor

1

Outro dia assisti uma entrevista com o ator Johnny Deep e entre uma pergunta e outra lhe foi perguntado qual era um dos maiores prazeres que tinha na vida e para minha surpresa e provavelmente da grande maioria, ele respondeu: respirar!

De fato, respirar é, ou pelo menos deveria ser um dos grandes prazeres de nossa existência. Mas o que grande parte da humanidade faz? Aperta o botão do respirador automático e seja o que Shiva quiser! Diariamente somos bombardeados por informações e propagandas que apelam de forma tão impiedosa à nossa visão e ao nosso paladar que acabamos dando extrema atenção a eles, sobrecarregando-os em detrimento de outros como a respiração; nos alimentamos em demasia e de forma errada e mesmo assim não paramos de dar atenção ao paladar.

E a respiração, que também é alimento? Por que não damos atenção a ela? Poderíamos passar dias sem comer e beber, porém poucos minutos sem respirar. Talvez o olfato seja o sentido que mais receba nosso desprezo. Percebendo este pormenor, os Mestres da antiguidade incluíram na prática do Yôga o uso do incenso, que dentre outras coisas, faz com que prestemos mais atenção à respiração, pois respiração yôgi é intrinsicamente ligada à participação da consciência.

Além de viver e sonhar, há algo mais importante: despertar.

Antônio Machado

01

Para melhorar isso, comece dando atenção em como se senta, seja diante de sua mesa de trabalho, nas poltronas dos aviões ou nas cadeiras dos restaurantes. Sim, eu sei que grande parte dos assentos são mal projetados mas faça o melhor que puder com aquilo que tiver em mãos. Ao se posicionar fisicamente de forma errada, além de toda uma gama de problemas que talvez só venham a se manifestar anos depois, você pode principalmente prejudicar o trabalho do diafragma, músculo fundamental no processo respiratório.

Uma respiração deficiente, praticada por 90% da população mundial, tem resultados muitas vezes catastróficos que vão desde uma má oclusão dentária, passando por distúrbios no ciclo menstrual, até à qualidade do sono e da digestão. Um exemplo é a falta de oxigenação ideal do sangue que pode comprometer a clareza mental. Cérebro não oxigenado apropriadamente torna turva a mente, imergindo-a em uma barafunda de dispersões, fazendo com que o seu dono perca o foco e a concentração.

Saúde não é tudo, mas tudo não é nada sem a saúde.

Schopenhauer

Porque será que quando uma pessoa está descontrolada, costuma-se dizer a ela para respirar? É possível aprender técnicas específicas de respiração que auxiliam no controle de seu campo de emoções, fazem a ligação do inconsciente com o consciente além de melhorar o funcionamento geral do organismo, amenizando eventuais desconfortos provenientes do sedentarismo que se aloja por entre grande parte dos seres humanos. O próprio ato de respirar de forma abdominal promove um sutil massageamento de seu principal músculo, o coração, além de ativar o metabolismo e purificar o sangue.

Provavelmente enquanto você lê esse artigo, está respirando pelas narinas, certo? Fique atento a não inspirar pela boca, principalmente se já se acostumou com isso. Nariz não foi feito para apoiar os óculos e sim para filtrar, aquecer e umedecer o ar. A ideia é que você “mastigue” o ar.

A vida só é plena quando nos tornamos conscientes de tudo que está submerso no inconsciente.
Carl Gustav Jung

Respire antes de tomar qualquer decisão. Mas não de qualquer forma. Respire bem, profundo, sem pressa e extremamente consciente da limpeza que se processa em seu organismo em todos os níveis. Isso lhe trará valiosa percepção da situação a ser revelada. Aliás, respire dessa forma sempre: ao se alimentar, praticar esportes, descansar, ler etc. Esse detalhe aumentará seu prazer e bem-estar em cada momento de sua existência. Pode parecer bobagem, porém, suas roupas podem também atrapalhar o trabalho de oxigenação de sua estrutura física. Ternos e calças muito apertadas prejudicam o bom funcionamento de sua “máquina”.

Quando possível, troque a qualidade do ar que respira. Vá às montanhas ou praia.

Não sei o que é pior: “beber” o ar das grandes metrópoles ou estar tão acostumado a isso que não se percebe mais que existe diferença na qualidade do ar de um lugar para outro. E por fim, percebamos como nosso ritmo respiratório está intimamente ligado às nossas emoções e as turbulências de nossa mente (note o estado de sua respiração enquanto se concentra na leitura deste texto). Da mesma forma que o seu estado emocional e/ou mental influencia na sua respiração, o caminho inverso também é verdadeiro. Portanto faça da sua respiração a sua aliada, cuide dela com carinho, faça dela um de seus grandes prazeres, pois respirar é vida que se transforma em arte nas mãos alquímicas de quem o sabe fazê-lo.

E lembre-se do velho ditado:

“O que contam, não são os momentos nos quais você respira e sim aqueles que lhe tiram o fôlego”.

Por:  Prof. Fábio Euksuzian 

 

Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo

Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos