Jardim do Mundo
menu
Jardim do Mundo
Sustentabilidade

Reciclar ideias e hábitos: mais importante que reciclar materiais

downloaeed

Atualmente, é comum ouvirmos palavras como sustentabilidade e reciclagem, sem nos atermos muito aos seus significados reais. Os dois termos apresentados têm relação direta entre si, contudo, encerram definições e objetivos bem diferentes. Na verdade, a urgência em reciclar certos materiais, produtos, ou subprodutos, é sinal que não estamos vivendo de forma sustentável.

Antes de prosseguirmos, e para melhorar a compreensão desse texto, é necessário respondermos a duas questões fundamentais.

O que é sustentabilidade?

Sustentabilidade diz respeito à garantia de desenvolvimento econômico e material da humanidade, de forma a causar o mínimo possível de impacto no meio ambiente. Nesse conceito, inclui-se a utilização racional dos recursos naturais, preservando esse gigantesco ecossistema, chamado Terra, para essa e para as próximas gerações.

Ser sustentável é zelar pela vida em sua essência, de forma ampla.

E reciclagem, significa o quê?

Quando os subprodutos do consumo incomodam, e as formas de descartá-los não se mostram mais seguras para o homem e a natureza, surge a necessidade de reciclar.

Reciclar significa reutilizar um material, produto ou subproduto, conferindo-lhe novas propriedades  e/ou novos usos.

As garrafas plásticas (mais conhecidas como PETs), por exemplo, quando separadas do lixo podem ser reaproveitadas, tomando forma de brinquedos, objetos decorativos, e podem ainda passar por novos processamentos, transformando-se em algo bem diferente, como blocos ou telhas para a construção civil.

Educação para a sustentabilidade: uma experiência permacultural em São Paulo

O aumento de atividades ligadas à reciclagem indica que enxergamos nossos resíduos, bem como a necessidade de gerenciá-los, mas por outro lado é sintomática: se temos que reutilizar mais e mais, é por que produzimos mais e mais lixo.

Certos hábitos de consumo acarretam impacto enorme em nosso planeta, como podemos observar abaixo.

Uma garrafa PET vazia, de dois litros, pesa 48 gramas, em média. Consumindo dois litros de água diariamente (embalada em garrafa PET), durante 365 dias, descartaremos cerca de 175,20kg de plástico, e talvez ainda copos, canudos utilizados para ingerir o líquido. A fabricação de uma garrafa PET gera, aproximadamente, 8 vezes o seu peso em resíduos (líquidos, sólidos e emissões atmosféricas), ou seja, o consumo apresentado anteriormente produz, cerca de 1.401,6kg de resíduos.

A reciclagem, por sua vez, é importante para reduzir a quantidade de lixo a ser tratado, mas também pode fabricar outros detritos e causar impactos negativos no meio ambiente, além do fato de apenas adiar o lançamento dos materiais indesejados na natureza. Em outras palavras, é importante reciclar, lembrando que se trata de uma ação paliativa.

Cada item que adquirimos carrega em si custos e débitos com a natureza, muitas vezes não mostrados adequadamente, passando a sensação de que simplesmente não existem. As facilidades e comodidades oferecidas pelos diversos artigos de consumo têm um preço, e muito elevado, na maioria das vezes. Parte da solução para reduzir o volume de resíduos indesejados, produzidos por nós humanos, está em revermos valores, pensamentos e convicções sobre o tipo de impacto que gostaríamos de causar nesse planeta, enquanto estivermos aqui fisicamente.

Conheça o “Pallet Home Project”, casa feita com paletes reutilizados

Outra parcela da resposta está na mudança de hábitos, efetivamente. Ter um filtro em casa demanda mais cuidados e manutenção constante, mas por outro lado poupa o meio ambiente de diversos problemas, por exemplo.

Somos o meio ambiente e o meio ambiente está em nós; não há separação. Reutilizar é necessário, não há dúvidas, mas nosso pensamento deve ser o de existir de forma mais sustentável. Sem água potável, terras férteis, sem animais ou insetos, não existiríamos, e cuidar disso tudo é um ato de inteligência.

Fontes de informações acesse aqui.

 

Danilia Goncalves
escrito por:Danilia Goncalves
Mineira, e candanga também, arquiteta e urbanista, artista, ilustradora e empreendedora. Vegetariana convicta, apaixonada por arte, por animais e pela natureza. Doida por gatos!!! Aquariana sonhadora, buscando viver de forma mais sustentável, com a plena certeza de que somos seres espirituais tendo uma experiência humana.

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos