ReflexõesSustentabilidade

Dicas para uma época festiva, vegana, sustentável e genuinamente amorosa!

Estamos na época mais comemorativa do ano. Tem natal, tem ano novo e com isso, os preparativos para as ceias ganham força: Ideias para cardápio, temas inspiradores, listas de decoração, listas de ingredientes, listas de convidados (no caso de grupos maiores) ou simplesmente aquele toque diferenciado no jantar para fazer parte da energia da época (Há quem goste apenas de criar um “algo a mais” na rotina, sem necessariamente ficar horas numa fila de supermercado em busca dos itens natalinos. A tal simplicidade aconchegante e saudável).

Em todos os casos, existe consumo e uma dinâmica de energia circulando no ar. Existe uma intenção e sabemos que a intenção é a mola propulsora de toda ação.

Se nossa intenção é realmente amorosa, se o foco é propagar paz, união, bem-estar e renovação, tudo o que for colocado em movimento nas festividades, precisa ser então, revisto. Precisa estar em comunhão com uma verdade mais doce e limpa, isenta de dor, violência, consumo desmedido e desperdício.

Precisamos criar momentos (depois, certamente criaremos um mundo) que não contemplam modos mecanicistas de ser. É necessário e urgente, uma forma mais minimalista e simples de viver a vida.

Renovação é o que muitos buscam nesta época, no entanto, essa renovação não está nas cores das roupas, nas etiquetas de preço e na saciedade cega do paladar. A real renovação está na conexão com novas formas de interagir no mundo, com o meio e principalmente consigo mesmo.

O passo a passo de um festejar consciente e cheio de valor

1- Opte por alimentos orgânicos – A aquisição de frutas, verduras, legumes e grãos de produtores locais e de feirinhas, não só coopera com a economia mais local, como também são mais saudáveis, benéficos à saúde ao meio ambiente.

2- Consuma frutas, verduras e legumes da época – Respeitar ciclos, compreender a questão da sazonalidade mantém a harmonia natural da vida. São alimentos mais frescos e em perfeito alinhamento com o relógio natural. Além disso, costumam ser mais baratos. Fique atento a alimentos cultivados em sua região.

3- Vai às compras? Leve sua listinha. Calcule a medida exata para que não haja desperdício. Com a lista de compras na mão, a dispersão e consumo é menor.

4- Aproveite integralmente os alimentos – Use cascas, sementes e talos. Possuem alto valor nutritivo. Não desperdice nada. Use sua criatividade na hora da culinária e invente pratos deliciosos.

5- Use louças duráveis e evite descartáveis. Não produzir muito lixo é uma atitude importante. É hora de usar aquele jogo de jantar que fica lá guardado em seu armário. Prefira também copos de vidro e para as crianças, a dica é adquirir copinhos plásticos, mas que não vão para o lixo. Ofereça –os como uma lembrança. Fique atento a utensílios comestíveis para servir patês, cremes. Há muitas ideias para fazer com massa de pão, por exemplo. Existe também embalagens a partir da fibra de mandioca. Sabe as casquinhas/ cestinhas de sorvete? Busque uma opção vegana e sirva sobremesa nelas!

6- Fique atento na hora de lavar louças também! O gasto de água destoa do cuidado que é tão motivado nesta época. Use também produtos de limpeza biodegradáveis.

7- Vai decorar sua festa? Que tal usar itens naturais da região, folhas secas, conchas? Use e abuse de decoração com frutas e legumes, mas certifique-se de não desperdiçar nada. Converse com seus convidados sobre a ideia sustentável em sua comemoração. Propague essa boa ideia.

8- Vai dar presente? Que tal comprar de artesãos locais? Sabe aquele presente feito à mão? Tem um valor imenso e pode ser personalizado ao jeito do presenteado. Outra dica é você mesmo criar algo!

9- Faça um planejamento consciente. Vá às compras com antecedência e com pensamentos elevados. Lembre-se que a proposta é de integração, de alegria e que a ansiedade e a pressa não cabem no cardápio. Garanta que no dia, você possa cozinhar em paz e com o coração tranquilo. Medite antes, use do silêncio nas preparações ou de sons que tragam boas vibrações. Saia do ciclo de impressionismo, para o de naturalidade. Faça por amor, cuide dos detalhes, mas não queira ganhar aprovação.

10- A simplicidade é a mãe de excelentes criações. Opte por uma comemoração simples e saborosa, buscando itens mais nacionais e alinhados com nossa estação do ano. Épocas mais quentes, como é no Brasil, pedem saladas, doces com frutas, sucos, frescor e muita leveza.

11- Mantenha sua mesa isenta de dor e violência. Que tal veganizar seu cardápio? Os grãos substituem carnes, o tofu também. Existem receitas deliciosas de assados feitos com grãos. Muitos petiscos podem ser servidos usando todo potencial dos legumes. Quibes veganos de forno, também são uma boa pedida e os salgadinhos com recheio de shimeji, carne de jaca verde podem fazer a diferença e surpreender seus convidados mesmo que eles não sejam veganos. Os doces veganos são maravilhosos! Cheesecakes com castanhas de caju, com leite de coco e combinação de frutas podem ser decorados lindamente. Busque receitas e dicas e experimente. Já que o objetivo é fomentar o amor e compaixão, que ambos então não sejam seletivos. Mudar formas de consumo, mudar hábitos,cria uma dinâmica melhor e mais respeitosa no mundo.

12- Cuide de seus animais de estimação devido aos fogos de artifício. Eles se assustam. Mantenha-os perto e promova muito, muito carinho na hora (desnecessária) do barulho. Muitos acabam fugindo e até passando mal.

13- Faça pausas com seus convidados. Que tal convida-los a um momento de meditação e envio de bons votos ao planeta e a todos? De uma maneira sutil, proponha essa reconexão, afinal de contas, esse é o propósito orgânico das festas. Resgate-o!

14- Se for ficar só, desfrute o momento. Medite, ouça canções alegres e nada de pensar em saudade. Apenas sinta que é um momento de comunhão consigo mesmo e com uma Energia Elevada. Sozinhos mesmo, nunca, nunca estamos. Exercite sua fé em horas de solitude. Troque a solidão por uma “solitude empoderadora”. Estará em casal ou com uma família pequena? aproveite e saia do celular, desligue a televisão, o computador. Conversar sobre assuntos alegres e positivos faz bem! Depois, você posta as fotos. Aproveitar estas datas para estar realmente presente no momento e com uma concentração amorosa, já garante a melhor “linha do tempo” que se pode ter.

15- Crie dinâmicas como troca de bênçãos: Que cada um escreva um bilhetinho com uma mensagem positiva ao outro! Faça com que haja interação até por quem não se conhece.

16- Vai viajar? Aproveite, mas lembre -se de não deixar lixo por ai, desde a estrada e tenha paciência no trânsito. Uma boa dica é ouvir uma boa música e que não deixe a alma agitada e dispersa. Saia de casa consciente de que é um período de muito movimento, portanto, tolerância precisa ser  co – piloto. Ah, e quando estiver na paisagem mais bela, prefira escutar o doce som do silêncio e desfrutar de cada segundo. Aproveite para desconectar.

17- Vai a festas externas na própria cidade? Garanta que a paciência e a tolerância também lhe façam companhia pelas ruas de sua cidade. Não tenha pressa, tenha alegria e se mantenha num estado de constante doação de bons votos. Quando você está bem, todo entorno também permanece bem.

18- Fica ainda, a proposta de inserir essa dinâmica amorosa, sustentável, vegana e criativa, não apenas nesta época de tempos festivos, mas em todos os dias de nossa jornada, de modo que esse globo azul que habitamos se mantenha saudável e que nossa alma siga desperta.

Há um mantra que nos diz: “Que todos os seres sejam felizes e estejam em paz …” – Que realmente nossas ações, desde o pensamento, efetivem esse desejo na prática.

Valeria Amores
escrito por:Valeria Amores

Val é de Santos, gosta do nascer e do entardecer alaranjado que o céu do litoral concede quase todo dia! Pedagoga, apaixonada por projetos sociais e por movimentos que incluam o uso de todo potencial criativo, ou seja, toda ideia é uma semente cheia de valores. Toda ideia é flor e fruto. Toda ideia alimenta e nutre algo. Vegana , mãe de duas almas lindas, pratica meditação Raja Yoga, voluntária e aluna nas atividades da Brahma Kumaris Brasil . Estuda gestão ambiental, cozinha bastante, cria receitas veganas, compartilha, ensina. Tem 37 anos e acredita no poder da ecologia e da sustentabilidade interna como motivadores para um mundo melhor. Comunicativa, silenciosa e também faladeira, risonha , gosta de escrever e papear sobre coisa elevadas e positivas. Adora desconstruir limites que nos prendem a gravidade e ao peso, acredita na psicologia positiva sempre e tanto, o quanto for possível e necessário. Vamos voar para as possibilidade de melhoria, que tá na hora!

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos