Jardim do Mundo
menu
Jardim do Mundo
EntretenimentoMúsica

Projeto Playing For Change – conectando culturas através da música

c

“Não importa quem você é ou de onde você vem, estamos todos unidos através da música”.

A Fundação Playing For Change, criada em 2007, é uma organização sem fins lucrativos cuja missão é permitir uma mudança positiva por meio da música e da educação artística, apoiando escolas e programas que são criados e operados pela comunidade local para possibilitar, a partir da música, a conexão de comunidades ao redor do mundo. Atualmente, a fundação tem nove programas, com mais de 1.000 estudantes e 15 mil vidas impactadas, em países de baixo desenvolvimento sócio econômico como Gana, Mali, Ruanda, África do Sul, Nepal e Tailândia.

Os projetos também atendem às necessidades básicas de algumas das crianças economicamente mais vulneráveis, como o ensino primário, alfabetização e à prestação de ajuda humanitária, com alimentos, remédios, roupas, livros e material escolar.

As instituições que recebem ajuda da fundação podem ser visualizadas nos sites da Playing For Change e da Celerity Global Development.

A ideia do projeto surgiu com a gravação de um documentário produzido por Mark Johnson, um dos cofundadores do Playing For Change, em que artistas de rua interpretavam as mesmas músicas – cada um com seu toque. O objetivo era conectar as culturas por meio da música e promover a paz no mundo. O trabalho resultou na mixagem de clássicos como “One Love” (Bob Marley), “Imagine” (John Lennon), “War/No More Trouble” (Bob Marley), “Stand By Me” (Ben E. King), entre outros.

Atualmente a banda está em turnê pelo mundo com o objetivo de espalhar uma mensagem de amor e esperança para o público.

 

Ana Santos
escrito por:Ana Santos
Chamo-me Ana Santos, de Portugal. Adoro explorar a natureza em todas as suas formas, sentir a liberdade e o poder de viajar, fotografar, ter acesso à imensidão da arte (música, cinema, dança...) e da simplicidade da amizade. O que me move? a felicidade de poder viver e partilhar estilos de vida saudáveis e sustentáveis. Perguntam-me ainda hoje o que quero ser? e eu sempre digo: ser? nada; quero fazer!

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos