Nosso Diário

Dedicado ao Emi

IMG_1138

Hoje o meu amor  comemora mais uma primavera, e preciso fazer algumas considerações:

Acordamos de manhã , nossos olhos se encontram, nosso sorriso vai se abrindo feito as primeiras flores da primavera, passa rápido a conjunção entre abraçar apertado, pular da cama – e sair de mãos dadas pra qualquer lugar onde não esteja frio demais. Conversar sobre o que faremos naquele dia, mas não de forma tão minuciosa. Não deixar de rir de qualquer lembrança que surja no meio do assunto, não deixar de compartilhar um silêncio ou outro, deitar a cabeça sob seu peito enquanto sentimos o ar puro e assistimos a Coco correr pelo parque,  não existe nojo e muito menos tédio é sorrir feliz cada vez que acordo do seu lado.

collage

 Combinar os detalhes para a próxima viagem, planejar um futuro no qual a gente nem mesmo sabe que existe – mas que é inevitável, sonhar em ter nosso canto, nossos bichos, nossas plantas tem tornado a minha realidade muito mais encantadora.. Tendo as particularidades acertadas, algumas concessões feitas, e uma grande amizade que nos permite um amor sincero e real, de algumas brigas mas de um bem inestimável quando resolve que é dia de paz. Porque além ter escolhido a dedo um marido, fiz questão de que fosse este também o meu melhor amigo. E hoje é. Tem sido. Ainda bem. Enquanto ele faz o fogo e eu lavo a salada, foge junto pra não tão longe mas pra onde a gente consiga ser tão nós mesmos que é impossível não ir embora sorrindo. Mesmo que haja mosquitos, nada de muito bom na televisão, o latido dos cachorros lá fora ou comece a chover enquanto a ideia inicial era sair para explorar uma floresta. Debaixo das sete chaves do meu peito, entre as primeiras pessoas que penso em contar as coisas boas que me acontecem, no meio dessa bagunça que tem se tornado a minha trajetória mundana, é ali que ele está: vindo na minha direção numa noite qualquer pra me levar pra passear um pouco onde o mundo se torna repentinamente bonito e a realidade desaparece. Desde a minha força quando tudo vai mal, ao colo exato onde sei que posso de vez em quando ser mimada, ele que nem sempre pensa como eu, mas tem me ensinado um bocado sobre essa loucura que é a vida – e aprendido um pouco comigo, um tanto quando diferente, também – é que vale a pena num final de noite suado onde pensar não cabe mais de tanto que já foi o resto dia. Só quero um banho, qualquer coisa pra comer, e paz. E ele, e um filme, ou horas gastas antes de dormir com conversas esquisitas onde a gente se diverte falando sobre gostos em comum, discutindo acerca de opiniões nem sempre concordantes ou mesmo ouvindo a rádio de bluegrass pelo computador e comentando o quanto era engraçado quando ainda não éramos tão cúmplices, mas desde lá, felizes construindo a solidez que tem essa paixão que ainda não morreu nem deve, mas que cada vez mais é amor.

O meu melhor é sim, o meu amor, eu disse esses dias. Sem arrependimento nenhum, porque eu sinto e logo precisa sair daqui pra tomar vida própria.

collage1

Feliz Aniversário!!!

Com todo amor do mundo,

Lara

Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo
Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

1 Comentário

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos