Jardim do Mundo
menu
Jardim do Mundo
Vida Natural

Deixe Florescer a Felicidade que tem Dentro de Você! (em 7 passos)

1

Pare de procurar a felicidade lá fora, pois ela está dentro de você. Este post vai te explicar como plantar essa semente e fazê-la florescer esplendorosa!

Toda semente de árvore, por menor que seja, contém uma mensagem em seu DNA capaz de transformá-la em uma árvore, às vezes gigantesca.

Nesse pequeno milagre da vida, que muitas vezes nos passa despercebido, contém uma grande lição. Se ficarmos atentos à ele, entenderemos a nossa própria existência extremamente valiosa.

“A Terra sorri em flores”

— Ralph Waldo Emerson

O fato é que a Vida quer que a semente brote e vire uma árvore. A semente e o que Vida quer estão unificados: ambos querem virar árvore. Assim, o broto vive despreocupado, sem stress.

É fundamental voltar a nossa atenção para as mensagens sutis, mas potentes da natureza, da qual muitos de nós perderam o contato.

Quando nós conseguimos nos alinhar com este impulso evolucionário da Vida, esta inteligência que está por trás de nós, permite expressar a nossa grandeza de forma esplendorosa e totalmente feliz.

E o melhor, sem o stress e a maré de preocupação que normalmente carregamos em relação ao futuro.

Neste artigo vamos elencar alguns passos fundamentais para permitir o desabrochar da nossa felicidade, sem esforço inútil ou stress contínuo.

Você vai aprender a estar mais alinhado com o que a Vida quer de você, e se despreocupar com a necessidade de sempre fazer coisas para atingir o sucesso, que você acha que te trará a felicidade.

A propósito de sucesso

Sei que esta palavra, sobretudo para o público deste site, tem uma conotação negativa (até mesmo para mim). Mas o que significa sucesso? O mundo te diz que o sucesso é alcançar o que você se propôs a fazer. Você passa a acreditar que o reconhecimento e a prosperidade são indicadores dele. Mas na verdade, essas coisas são subprodutos do sucesso.

Você vive preocupado em atingir coisas que acredita te trarão a felicidade. E esta felicidade fica projetada no futuro, e nunca chega de fato. E mesmo que você alcance alguns itens premeditados, você ainda sente aquele vazio e falta de significado…

Isso porque na verdade ninguém nos diz que todos nós já somos bem sucedidos. Como assim? Segundo as palavras sábias de Ekhart Tolle:

“Você não pode se tornar alguém bem-sucedido. Você só pode ser bem-sucedido. Não permita que um mundo louco lhe diga que o sucesso é alguma coisa diferente de um momento presente pleno de êxito.”

— Eckhart Tolle

O segredo para o sucesso – e para a felicidade verdadeira – é conseguir reconhecer a grandeza e “completeza” que já está dentro de você. E se sentir feliz e realizado por isso. Todo o resto é subproduto, consequência, desenrolar de algo que está dentro de nós.

Simples, mas nada fácil… Então veja abaixo as 7 recomendações para que você deixe a felicidade aflorar e te surpreender.

1-water-lilies-on-pond

1. Plante a Semente da Felicidade

A primeira coisa a se fazer quando queremos nos re-conectar com a nossa autêntica felicidade é estar ciente de que ela está dentro de nós. Temos total potencial para sermos felizes, sem depender de fatores externos. Então basta você decidir que não quer mais viver sofrendo. Pode parecer difícil, mas esta decisão se trata de um conceito.

Os conceitos e as crenças são pensamentos, por vezes muito enraizados em nós. Mas eles podem ser mudados. Mas para isso você tem que estar determinado a observar como você se sente, e o que você pensa, sem julgar ou interpretar, somente estar atento para o que se passa na sua tela mental. Como se você fosse o espectador de si mesmo. Ao tomar essa decisão, você está plantando a semente da felicidade que já está dentro de você. Agora só falta cultiva-la com amor.

120810354_c11926ddfe_b

2. Regue e Nutra essa Semente

Uma planta precisa de cuidados para germinar e dar frutos. O principal cuidado que você deve ter é em relação aos seus pensamentos incessantes e às suas emoções negativas. Quanto aos pensamentos, eles acontecem involuntariamente, como a respiração ou a digestão. Você não pode parar de pensar.

Mas você pode aprender a observá-los, sobretudo quando eles causam preocupação e stress excessivo e inútil. Basta que perceba que você está se deixando levar pelos pensamentos negativos para que você ative a sua consciência. A mesma coisa com as emoções negativas.

Quando as emoções passam a tomar conta de você, ou seja, o sangue sobe pra cabeça, é importante que você note essa sensação dentro de você. Essa passagem pode ser muito reveladora, caso você tenha um flash de iluminação. Mas para quem nunca percebeu isso, esse é um salto de consciência que pode ser muito sutil e difícil de detectar. Mas insista, até que note que você pode se observar.

Ao tomar essa consciência, você passa a ter um poder real sobre as decisões que toma. Sobretudo, você vai poder decidir se continuar sendo levado pela negatividade e se sentir infeliz, ou mudar de pensamentos, lembrando-se que você na essência é amor, paz, felicidade e luz.

green-watering-cans

3. Dê Amor e Atenção à essa Planta que está Germinando

Se amar, se aceitar, e se respeitar pelo que você é, são elementos chaves neste processo de crescimento interior. Se trata de valorizar a sua parte mais autêntica e que te faz sentir vivo e ter plenitude nas coisas. Pense nas coisas que enchem seu coração de alegria e nos seus momentos mais felizes. Esse é o seu verdadeiro “Eu”, que tem que ser valorizado e respeitado, mesmo quando outras pessoas o criticam ou desrespeitam. Esta planta da felicidade que está brotando, só irá sobreviver se você conseguir se olhar de frente e dizer para si mesmo: “eu te amo”, sem se sentir ridículo ou sem jeito. Comece a praticar isso pelo menos uma vez ao dia, declarando o amor por você mesmo na frente de um espelho. Aos poucos você vai sentir ele ganhar força e você vai passar a se orgulhar de dizer isso à si mesmo.

babys-feet-in-blanket-with-daisy

4. Retire as Ervas Daninhas

A planta da felicidade só poderá vir à tona exuberante se você retirar as ervas daninhas. Elas são todas as coisas que te colocam para baixo, desviando a sua atenção do que realmente importa. São aquelas pessoas que não te transmitem coisas boas; aquelas relações tóxicas que temos (conosco e com outras pessoas); os pensamentos incessantes que muitas vezes causam o drama e o sofrimento desnecessários; as mágoas e dores do passado que continuam a nos atormentar.

Para se livrar desse incômodo é preciso focalizar cada vez mais a sua atenção ao seu estado mental-emotivo. Não é necessário romper as relações com as pessoas abruptamente, basta que você esteja ciente do que elas te causam, e aos poucos vá se afastando, ou então deixe de ter aquelas respostas automáticas e condicionadas que você sempre teve. Ao jogar luz na sua consciência presente, você muda o jeito que você se vê; você muda o jeito que você vê as coisas; e consequentemente, as coisas mudam por si só, sem esforço ou resistência. Isso abre aquela brecha fundamental para o crescimento e a valorização de quem você realmente é, da sua parte mais essencial e exuberante. Deixe-a florescer, independente do que os outros pensem ou deixem de pensar. A vida quer isso de você!

5. Celebre Cada Pequeno Avanço de sua Planta 

Leva tempo para que uma planta cresça e floresça. Do mesmo jeito, a semente da felicidade que você plantou levará algum tempo para virar o seu estado de espírito na maior parte do seu tempo. Mas não desanime. Assim que você tomar a decisão de deixar de sofrer, você vai começar a perceber coisas interessantes acontecendo. Pequenas “magias” da vida que antes passavam despercebidas, começarão a ser notadas e apreciadas como presentes que a Vida trás para você. E então não resta outra alternativa além de comemorar cada dádiva que aparece no seu caminho.

Antes de dormir, faça um balanço do seu dia e encontre pelo menos 3 coisas para agradecer. Reviva a felicidade que elas te proporcionaram. Cada pequena conquista alcançada vai sendo celebrada. Por exemplo: celebre se você tem conseguido observar seus sentimentos e pensamentos, às vezes até rindo deles quando eles traçam um cenário trágico. Se você conseguir rir da sua mente que continuamente cria o drama e sofrimentos inúteis, tenha a certeza absoluta de que está no caminho certo. Ou seja, a sua semente da felicidade está brotando com força, dando já seus primeiros frutos!

1-red-poppy-in-field

6. Não Desista se a Plantinha Estiver Doente ou Murcha. Insista!

Às vezes a vida toma conta e acabamos deixando de lado nossas práticas para um melhoramento interior. Ou mesmo quando estamos fazendo um percurso de crescimento pessoal, nos pegamos de novo agindo do modo antigo, com aquelas respostas condicionadas que nos levam de volta para os mesmos dramas e sofrimentos do passado. Pode ser também que nos pegamos com mil dúvidas e questionamentos se esse papo de consciência é realmente útil ou não. Sentimos medo de estar perdendo tempo, de ser tudo ridículo e inútil…

Isso é muito normal e pode enfraquecer a plantinha que estava brotando tão bem… Mas como há males que vem para o bem (na verdade todos os males trazem sempre alguma lição), nada melhor do que ligar as antenas da nossa consciência para esses “vacilos” com a nossa plantinha da felicidade. Ao notar que ela foi negligenciada e que você está voltando a ser aquele de antes, aproveite essa deixa e volte a ficar mais consciente, não se deixando influenciar demasiadamente pelas contingências cotidianas.

Lembre-se de que a dor e o sofrimento são inevitáveis na vida, mas viver em função deles é insalubre e prejudicial à você. Quando estiver sentindo algo ruim, deixe o sentimento vir à tona, aceite-o e deixe-o passar por você. Desse modo, você o sente, mas não se identifica com ele. Não fica sofrendo inconscientemente por algo que não é você. Cada vez mais você será capaz de gerir as sensações negativas de maneira consciente, o que te dá o controle da situação. Isso não quer dizer que você não irá mais sofrer, mas com certeza você saberá que o sofrimento está trazendo alguma boa mensagem, e vai se identificar com ele cada vez menos.

A serenidade e a felicidade passarão a ser o seu estado de espírito na maior parte do seu tempo, e você terá a certeza de que o sofrimento é causado pelo medo que a nossa mente cria, mas que não é a sua essência. Ao estar ciente de que que você é o responsável pelo que você sente, você sabe que pode passar por essa situação sem ficar presa nela, sem sofrer inutilmente, abrindo espaço para o florescer da felicidade.

wilted-flower

7. Perceba a Grandeza dessa Semente e a sua Conexão com a Grandeza do Universo

A semente da felicidade está dentro de você e só você pode plantá-la, faze-la crescer e florescer. Você é um ser vivo criado pelo universo. Você é único e insubstituível. É como se você fosse uma flor insubstituível de um jardim celestial: o jardim do Universo, da Vida. Sem o desabrochar desta flor, o jardim fica incompleto…

Passe a acreditar que você veio ao mundo para ser feliz, e não para sofrer. É antes de tudo uma decisão consciente, capaz de mudar tudo na sua vida! Você está aqui para que a sua autenticidade floresça e presenteie o mundo com aquilo que você tem de melhor. Honre isso e faça a sua parte para se alinhar ao que a Vida quer de você. Ela quer que você aproveite esse tempo que você está aqui! Ela quer que você seja feliz e contribua com o mundo da melhor forma possível. Ela quer que você cante a sua canção, e que não morra com a canção dentro de si (parafrasenado Wayne Dyer). Ela quer que você se surpreenda com incrível sucesso nas horas comuns (parafrasenado Henry David Thoureau)

E aí, já plantou a semente da felicidade que tem dentro de você?

Me conte nos comentários sobre o que você tem feito para cultivar a felicidade na sua vida. Vou adorar saber e conversar sobre isso!

Claro que nada é de um dia para o outro, mas só o fato de plantar uma sementinha, as cosias começam a se mover: tudo inicia com uma INTENÇÃO.

E por incrível que pareca, infelizmente são poucas as pessoas que se comprometem à auto-realização e a elevar o grau de consciência. São elas que tiveram a coragem e a determinação de buscar a plenitude.

Para aprofundar e te dar a oportunidade de saber como você se encontra em relação à sua conexão consigo mesmo, te proponho este teste:

Teste: “Qual é o seu Grau de Conexão com a Natureza Interior e Exterior?”

Ele revela seu grau de conexão com a sua verdadeira natureza (de dentro e de fora), e te permite conhecer e melhorar a sua conexão com a natureza, entendendo por onde começar a mudar, ou melhorar o que já começou a mudar. (clique aqui para o teste)

Valeu!

Isa.

A sua grandeza é a sua natureza!

Isa Gama
escrito por:Isa Gama
Após me Doutorar em Sociologia, conheci e me encantei pela Ecopsicologia. Fiz um Master em Ecopsicologia na Itália, tornando-me uma Ecotuner: uma nova e cativante profissão que reconecta os indivíduos com a natureza interior e exterior, conduzindo à Magia da vida! Acredito que os seres humanos têm o dever e o prazer de amar e proteger a Terra. Meu lema atual é: se o tempo vai passar de qualquer maneira, vou dedica-lo à realização dos meus sonhos!

4 Comentários

  • Uma palavra que venho utilizando com mais frequencia e que se conecta com esse artigo: gratidão. Énorme, pela sua luz em compartilhar algo tão profundo e transformador. Farei o teste, e espero me fortalecer na minha busca de sentido e significado.

    • Olá Alexsandro! Que bom que você se liga na gratidão! É realmente um elemento fundamental na vida para celebrar tudo o que nos circunda e que nos preenche! Forte abraço!
      Isa

  • A incrível busca em conhecer a si, a infelicidade existe para que possamos senti-la e aprender que ela faz parte da vida para a nossa própria evolução, claro que no decorrer da situação não conseguimos enxergar um passo a nossa frente, acreditando que aquilo não irá passar. Porém quando acreditamos que somos capazes de sair de um limbo interno, a vida ganha novamente a beleza de ser o que é.

    • Olá Querida Carla!
      Obrigada por sua mensagem tão esclarecedora!

      É bem difícil mesmo gerenciar as dores do presente sem se deixar levar por elas. E confiar que estamos aqui para aprender com as dificuldades.

      E claro, não existe a luz sem a escuridão, do mesmo modo que o sofrimento também tem sua grande parte na nossa felicidade! Rs…

      Bjos e valeu!
      Isa.

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos