Construção NaturalFaça Você MesmoPermaculturaSustentabilidade

Introdução e Receita de Tinta Ecológica a base de Terra

1

Construíndo com as próprias mãos: introdução as tintas de parede artesanais

Respondendo a muitas mensagens e contatos, perguntando sobre a parte da pintura na construção natural, o Jardim do Mundo preparou esse material explicativo que vai ajudar você a decidir qual o tipo e introduzir-lo na alquimia das cores. Se você gostaria de criar um espaço acolhedor e convidativo, ao mesmo tempo que faz uso de materiais mais sustentáveis e responsáveis, considere o uso caseiro e sustentável de tinta natural.

[Como construir uma casa com as próprias mãos? Clique aqui]

Utilizar materiais naturais é uma ótima maneira de trazer elementos da natureza para dentro de casa, pois eles podem permitir que as superfícies pintadas liberem a umidade natural. Além disso, as tintas fabricadas comercialmente contêm materiais tóxicos ou ingredientes à base de petróleo.

pintura-ecologica-2

Existem várias opções de tintas responsáveis, mas o seu custo (até duas vezes mais que a pintura convencional) pode ser desvantajoso no orçamento. Muitos permacultores estão optando por fazer a sua própria pintura. Criar o seu própria tinta é consideravelmente mais barato e pode ser um esforço extremamente gratificante para qualquer um, cujo objetivo é a auto-suficiência. Misturando suas próprias cores às vezes é a única maneira de conseguir um efeito específico. Na verdade, tintas naturais oferecem acabamentos exclusivos muito diferentes dos produtos manufaturados.

[Construa uma casa em super adobe: passo a passo]

Existem inúmeras combinações se para optar ao criar a pintura perfeita para uma situação particular. O que se segue abaixo é um guia para a compreensão da pintura natural, receitas para alguns dos tipos e fotos de cada tipo mais fácil e comum para inspirá-lo.

intro-004-ma

O que há em um galão de tinta?

Na sua forma mais básica, é constituída por tinta de cor (pigmento) e a cola, na qual o pigmento é suspenso (ligante). Muitas tintas também contêm ingredientes que adicionam textura e granulação, um diluente (o solvente) e outros aditivos , como biocidas e catalisadores de secagem.

Pigmentos . Alternativas mais seguras para os compostos tóxicos e os metais pesados utilizados para colorir pintura convencional incluem pigmentos naturais derivados de plantas, insetos, óxidos de ferro e minerais. Estes são geralmente em forma de pó em lojas de material de artesanato.pinturas

Ligantes . Ligantes fazem que a tinta cole a uma superfície. Os ligantes acrílicos e vinílicos em tintas comerciais são derivados a partir de subprodutos da refinação de petróleo bruto. Os ligantes em tintas naturais confiam em materiais tais como amido, caseína (proteína do leite) e óleo de linhaça (a partir de sementes de linho prensadas).

Enchimentos . São adicionados para criar determinada textura e adicionar volume. Enchimentos comuns incluem badejo (giz em pó), talco, calcário, sílica e mármore. A argila é um material de enchimento popular para emparelhar com farinha, porque reforça a capacidade de ligação de amido, é abundante e potencialmente grátis, se você tem acesso a um solo argiloso.

Solventes . Solventes ou diluentes, ajudam a alcançar uma consistência viável. Os solventes de tintas comerciais são geralmente feitos de materiais orgânicos, mas eles vão evaporar, dando o característico cheiro de tinta. A liberação dos gases destes compostos orgânicos voláteis (COVs) pode causar dores de cabeça, náuseas, tonturas, visão turva e fadiga, especialmente em áreas que não são bem ventiladas. Os riscos são significativamente danosos para as pessoas que pintam regularmente. Solventes naturais, tais como diluentes cítricos e terebintina natural são preferíveis.tintas-naturais

Aditivos . Fabricantes de tintas comerciais freqüentemente incluem diferentes aditivos em seus produtos, mas eles não são obrigados a incluí-los na embalagem. Os aditivos incluem plasticizantes, agentes de formação de espuma e secantes e biocidas, que inibem o crescimento de fungos e ingredientes que melhoram a resistência à água.

Dicas de experts

-Ao fazer a sua própria tinta, é importante experimentar, testar, experimentar e testar um pouco mais. E manter a atividade divertida! Ao começar brincando de alquimista, você pode estar certo de acabar em uma bela combinação de cores ricas e texturas interessantes.

-Para melhores resultados, limpe todas as superfícies  antes de pintar.

-Tintas caseiras contem ingredientes alimentares e deve ser utilizado logo após a mistura. Você pode refrigerar mas a capacidade de ligação pode diminuir.

-Pode ser difícil para criar exatamente a mesma cor uma e outra vez. Por isso pense bem na medida e utilize a tinta ao máximo para avançar no trabalho.

-Tenha cuidado ao usar o óleo de linhaça. Trapos embebidos em óleo amassado podem entrar em combustão espontânea, por isso, não se esqueça de lavar todas as roupas e outros materiais.

Tenha cuidado com todos os materiais em pó e cáusticos, especialmente cal. Use luvas e óculos de proteção.

Receita de Tinta Natural:

Ingredientes:
-Uma lata vazia de tinta de 3,6 litros, terra argilosa (seis a oito quilos), água (dez litros), um quilo de cola branca.

-Pigmentos como açafrão, urucum, areia ou as diversas tonalidades do próprio solo podem ser usadas para obter a cor desejada.

Preparação:
Misture a terra e a água, passe a mistura numa peneira fina, acrescente a cola e misture novamente. Após fazer isso, adicione a cor com a mistura de pigmentos escolhido.
Se você quiser obter uma tinta mais fina, passe a mistura por uma peneira por mais de uma vez. Se quiser uma tinta grossa, a peneira não é necessária.

Existem muitas receitas e a alquimia das cores é vasta. Um material que também não pode faltar no trabalho do bio construtor é o verniz. Por isso, trazemos aqui uma receita para se fazer em casa.

Verniz caseiro 

Ingredientes:
– 1 kg de própolis bruto de qualidade inferior (sujo e/ou com cera)
– 1 lt de óleo vegetal (linhaça, soja ou girassol)
– 8 kg de metanol

Preparação:
Todos os ingredientes são colocados dentro de um balde ou tambor. Fechar hermeticamente e estocar por 30 dias. O conteúdo dever ser mexido 2 X ao dia. Após 30 dias coar o líquido com uma malha fina.

O resultado é um verniz marrom que protege a madeira contra insetos, fungos e a influência do tempo, com um custo-benefício excelente.

Aplique duas demãos  em um intervalo de poucos dias. 

O verniz é totalmente inofensivo, não é tóxico e não agride nosso meio ambiente. Pode ser usado também para a pintura de móveis, cercas, etc.

Esperamos que estas dicas instiguem sua curiosidade, gosto e inclinação para produtos naturais e de preferência feitos por você mesmo.

[Uma referência para qualquer iniciante na bioconstrução: Leia “O arquiteto de pés descalços”]

 

Print Friendly
Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo
Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

14 Comentários

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos

%d blogueiros gostam disto: