Jardim do Mundo
menu
Jardim do Mundo
moringa capa

Há milhares de anos, os hindus, povo que habitava a região da atual Índia, descobriu o imenso poder que uma árvore com galhos frondosos e numerosas folhinhas arredondadas possuía. A Moringa, começou a ser utilizada por esse povo na medicina Ayurvedica por conta do seu imenso potencial medicinal, servindo de tratamento para diversas doenças. Ela também surgiu como grande aliada da saúde em outra região do planeta. No leste da África, os potenciais alimentícios dessa árvore começaram a ser explorados, e hoje em dia ela se tornou parte essencial da dieta de muitas pessoas. Não por acaso, nas últimas décadas, os cientistas da Etiópia vem desenvolvendo intensas pesquisas, com intuito de aproveitar a grande quantidade de benefícios que a Moringa tem no auxílio do combate à fome e desnutrição nessa região, problema que assola milhares de pessoas.

Carinhosamente apelidada de ‘Árvore da Vida’, ela faz jus ao nome. Cada parte da planta pode ser aproveitada, rendendo uma poderosa fonte, seja medicinal, alimentícia, terapêutica e até cosmética. Suas sementes por exemplo, contém 40% de óleo antioxidante, que pode ser usado na produção de cremes hidratantes; elas também são muito eficazes na purificação de águas contaminadas. As vagens, que possuem grande quantidade de aminoácidos, podem ser cozidas e consumidas, assim como as raízes e flores que compõem uma bela salada.

Mas o grande trunfo da Moringa está em suas folhas. Consideradas um ‘superalimento’, é impressionante o valor nutricional que uma pequena quantidade pode carregar. Em uma comparação, grama por grama, a moringa possui:

moringa-iswari

 

  • 4x mais Vitamina A que a cenoura
  • 7x mais Vitamina C que a laranja
  • 4x mais cálcio que o leite de vaca
  • 3x mais ferro que o espinafre
  • 3x mais potássio que a banana
  • grande quantidade de aminoácidos essenciais

 

 

O uso das folhas é bem variado, podendo come-las cruas, cozidas ou como tempero em pó, que acrescido no preparo das refeições, age como um suplemento diário.

Outra boa notícia é que a moringa já se adaptou às regiões tropicais e cresce muito facilmente aqui. Sua chegada ao Brasil aconteceu pela região Nordeste, em clima árido, o que mostra que é muito pouco exigente em relação ao solo e quantidade de água. Seu crescimento é bem rápido, em um ano pode atingir até 3 metros de altura, estabilizando em 7 a 12 metros ao longo da vida.

A moringa faz parte daquele grupo de seres que parecem só trazer benefício e bem-estar aos que estão a sua volta, carregando características diversas, que permitem diferentes usos para diferentes grupos, desde aqueles que necessitam, até os que estão buscando explorar os potenciais de plantas não convencionais. Que tal uma ‘Árvore da Vida’ no seu jardim?

Mateus Costa
escrito por:Mateus Costa
Sou um mineiro, com pai fluminense, que mora em São Paulo e que não pertence a lugar algum, ou a todos eles. Na busca de me definir, preferi ser do mundo, pois é dele que me vem toda a inspiração para viver. Nele encontrei a literatura, a arte, a filosofia e a ciência que me fizeram ultrapassar as limitações de espaço e tempo. Se me perguntam o que faço ou do que gosto, digo que sou um observador e que aprecio o silêncio que envolve toda a simplicidade do mundo. Recentemente me (re)apaixonei pela natureza, confesso que não consigo mais esquecê-la.

4 Comentários

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos