1

Outro dia li uma história que salvou minha vida.

Nesse caso, não foi literalmente. Ou seja, sim foi literalmente, porque essa história era um livro (piadinha sem graça, eu sei). Mas quando digo “salvou minha vida” pode ser desde “me ajudou a superar um grande dilema” até “me ajudou a passar o tempo enquanto esperava o ônibus”. Nem todos os problemas têm o mesmo tamanho, mas nossa vida pode ser salva das maneiras mais simples. Tudo depende do tipo de dia que estamos tendo!

Boas histórias sempre tem o poder de melhorar o momento, não importa ele qual seja. Pode ser uma história-livro, uma história-filme, uma história-série, até mesmo uma história-canção. Não importa o formato nem se você está apreciando essa história em um Kindle, no seu iTunes ou na Netflix. Uma história é sempre uma história e elas mudam nossas vidas sim.

Boas histórias: base de tudo

Toda a humanidade foi construída com base em contos, causos e relatos. Se você ainda não conhece a Jornada do Herói pare a leitura JÁ e dê uma olhadinha no link antes de seguir!

Viu? Desde as civilizações mais antigas até o seu vizinho, todos nós temos ao menos duas coisas em comum: somos humanos e amamos histórias. E talvez nossa humanidade somente exista graças a elas. As histórias registram nossos atos, nos ensinam coisas que não devemos esquecer, nos mostram possibilidades infinitas sobre coisas que ainda não conhecemos. E isso vai desde uma perspectiva macro (como a história da humanidade) até um nível mais micro, como a história das nossas famílias.

Cada árvore genealógica é como um romance infinito, com boas doses de amor, drama e comédia. Toda família tem sua própria versão de “O Tempo e o Vento”, em que as trajetórias de pais, filhos e netos se entrelaçam e se ramificam. Somos feitos de histórias. E é por isso mesmo que muitas vezes, se a nossa própria narração não vai bem, escutar boas histórias nos ajuda a melhorar. Nos dá força, paz, segurança, quando precisamos confiar de que tudo pode ser melhor. Nos dá alegria, quando precisamos ver o mundo de uma maneira mais leve. Nos dá conforto quando precisamos chorar. Enfim, seja qual for teu problema, pode contar com uma história para te fazer sentir melhor!

O Jardim do Mundo abriga a muitos contadores de histórias e aqui queríamos deixar algumas sugestões. Então escolha a que melhor combina com o seu estado de ânimo atual e se permita ser salvo por uma dessas excelentes histórias:

Para dias em que não sabemos como ser uma pessoa melhor: Os Miseráveis

Tanto o livro como o musical são emocionantes. A história une dois extremos nas figuras de Jean Valjean e Javert. Cada um deles quer fazer o bem, à sua maneira. E um precisa do outro para aprender a ser melhor. A história fala sobre perdão, boas ações, sacrifício e principalmente amor. Sua mensagem nos deixa mais empenhados a fazer o bem e não julgar os demais, independente das circunstâncias. E dá pra cantar junto – quem não ama um musical!?

Re-aprender a viver depois de um término: 500 Dias com Ela

Apaixonar-se faz a gente crescer. E, embora machuque, terminar uma relação também. Assim como aprendemos a amar alguém, também precisamos aprender a superar um relacionamento. Durante 500 dias, o personagem principal dessa história amou a uma jovem enquanto ia entendendo aos poucos a importância de amar a si mesmo. Com essa história podemos sentir mais serenidade em relação aos relacionamentos: está tudo bem se não dura pra sempre. Foi eterno enquanto durou, já diria o poeta! Você vai superar.

Uma dose de inspiração quando a criatividade falha: O Pequeno Príncipe

Não há nada mais verdadeiro e simples que as palavras de uma criança. Porém, como são pequeninas, nem sempre damos o devido valor aos seus conselhos. O Pequeno Príncipe incorpora com sua adorável sabedoria todo o entendimento do mundo que tem uma criança. Ele vê beleza em todos os lados, é crítico com o que não está certo e faz muitas perguntas. E é apaixonante acompanhar sua história e ver o mundo com outros olhos. Afinal, o que parece um chapéu pode muito bem ser uma jiboia que almoçou um elefante.

Para quando a motivação baixa: Discurso de Steve Jobs em Stanford

Histórias da vida real também têm seu encanto! Além de gênio da informática, Steve Jobs também tem uma oratória excelente. Em uma das suas demonstrações mais memoráveis, durante um discurso para os formandos da Universidade de Stanford, Steve faz um relato emocionante sobre a importância de ir em busca das coisas que amamos e em confiar que nada é por acaso.

Superar um medo: A Vida de Pi

Imagine o seu pior medo. Agora imagine esse mesmo medo bem do seu lado, compartilhando um espaço de 4×4 com você, durante dias e dias. Essa é a história de Pi, um jovem náufrago que durante dias a fio divide um bote salva-vidas com um tigre. Durante essa viagem inusitada, ele vai aprender a enfrentar coisas assustadoras e a seguir em frente, com medo mesmo. Tanto o livro como o filme dessa história são espetaculares e vão dar aquela forcinha extra que às vezes a gente precisa.

Recarregar as energias: It’s my life

O cotidiano pode ser estressante, entre trabalho, estudos, família, amigos e outros projetos. Em alguns momentos, tudo que queremos é dar um basta e descansar a mente por cinco minutos. Por sorte, essa é mais ou menos a duração da música “It’s my life”, de Bon Jovi. Pode procurar uma versão legendada no Youtube, coloque os fones de ouvido e cante junto! Bom pra extravasar e se sentir um verdadeiro rockstar de um conto de fadas moderno.

Melhorar o baixo astral: Unbreakable Kimmy Schmidt

Cuidado com os dias de mal humor: você corre o risco de entrar numa espiral de negatividade e não sair mais! As pessoas otimistas conseguem ver o copo meio cheio e é ótimo contar com a ajuda delas nos dias em que nos sentimos meio de mal com a vida. Se você não tiver nenhum otimista ao lado e a carga de irritação estiver muito cheia, a história de Kimmy pode ajudar. Nessa série, essa jovem recém libertada depois de 15 anos sequestrada começa a redescobrir o mundo e suas maravilhosas oportunidades – e é assim mesmo que ela vê as coisas, constantemente surpreendida por tudo e mais que disposta a ser feliz! Por mais que a descrição pareça meio dramática, a história é bem leve e engraçada. Com certeza vai terminar com o seu mal humor em pouquinho tempo!

Para alargar os horizontes e ser mais tolerante: Sapiens

Excelente opção para tomar consciência do caminho comum que a humanidade faz há milhares de anos. O livro mostra que somos mais parecidos do que pensamos, como uma família gigantesca que volta e meia se desentende, e não tanto como um conjunto de clãs fechados nas suas fronteiras geopolíticas e rivais. Depois de ler “Sapiens”, não se olha mais o mundo da mesma forma.


E pra você, que boas histórias mudaram a sua vida? Comente e compartilhe 🙂

Regiane Folter
escrito por:Regiane Folter
Sigo minha vida escrevendo e vivendo, pra ter sobre o que escrever. Sou filha, irmã, companheira, amiga, mãe de catioros e gatíneos. Também sou poetisa de fim de semana, sonhadora compulsiva e leitora serial. Comecei a escrever quando ainda nem sabia direito falar. Depois aprendi a viajar e a viver minhas histórias antes de publicá-las. Espero um dia viver das coisas que escrevo para ter mais tempo pra estar com quem amo, cuidar de quem precisa e ter a infinita sorte de aprender mais sobre o mundo.

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos