Jardim do Mundo
menu
Jardim do Mundo
3

Berlim, que é mais uma referência para tantas coisas nesse mundão, também é o destino onde nos detemos por mais tempo desde que começamos a viajar. O curioso sobre a cidade, além da história, dos recantos alternativos e das pessoas de todas nacionalidades, são os pequenos detalhes do cotidiano e que fazem de Berlim também uma referência em estilo de vida alternativo. Pensando nisso, reunimos em um post cinco fatos sustentáveis sobre a cidade. Fatos que a colocam como um centro urbano com alguns hábitos interessantes.

Vamos a eles?!

Hortas urbanas

Photographer

Nós fazemos parte de uma dessas iniciativas, e elas estão espalhadas por todos os cantos de Berlim. Como uma cidade de grande porte, em Berlim, a grande maioria das pessoas vivem em apartamentos pequenos e com pouco espaço para plantas. No passado, essa realidade foi contornada, aos poucos, com o surgimento de pequenos clubes de jardinagem em terrenos próximos as linhas férreas, distribuídas pela cidade. Hoje em dia qualquer pessoa pode ter um pedaço de chão em um desses clubes, inclusive com uma pequena casa para utilizar como área de lazer (é legalmente proibido viver nelas), tudo isso por uma pequena contribuição anual. O problema é que estes clubes possuem listas de espera, e Berlim como uma cidade grande não esperou e ocupou áreas urbanizadas, como parques e terrenos abandonados para fazer florescer pequenas hortas em canteiros de paletes reutilizados. Uma dessas hortas é famosa pois tem lugar no antigo aeroporto Tempelhof, próximo ao centro da cidade. Um terreno público que foi reivindicado pela população, que hoje o utiliza como um parque.

[Clique aqui para acessar mais dicas e notícias sustentáveis]

Sacolas, garrafas e ecobags

3

Cestos de bicicletas, caixas de papelão, carrinhos de mão e bolsas de pano. Recursos usuais no cotidiano da capital alemã, principalmente para aqueles que não querem pagar a mais por sacolas de supermercado e não querem abandonar as garrafas de bebidas  para alguém que, espertamente, recolheria por você. Aqui, praticamente todas as garrafas de bebidas e sacolas plásticas são taxadas  e tratadas como mercadorias, com um preço que varia de acordo com a garrafa ou a sacola. Cada garrafa, por exemplo, custa entre 0,08 até 0,25 centavos de euro e você retorna estas garrafas em máquinas especiais que se encontram em qualquer supermercado.

Bicicletas

3

Onde quer que você vá, vá de bicicleta. Claro que Berlim favorece as magrelas com o seu relevo suave e toda sua infraestrutura, mas são tantas facilidades para quem anda de bicicleta que o equipamento já ganhou o coração multicultural de Berlim. São ciclovias, vagões especiais, elevadores, sinalização específica, feiras e encontros. Tem até blitz de bicicleta. Sim! A bike tem de estar com freios e luzes de sinalização em dia, ou você pode levar uma multa.

Tirar os sapatos ao chegar em casa

3

Uma solução simples, que pode evitar vassouradas extras, é tirar os calçados ao entrar em casa. Seja na própria ou na de amigos e é um hábito bastante comum nas casas aqui em Berlim, assim como deixar umas sandálias extras para você e para as ocasionais visitas. Quase sempre fomos convidados a tirar os sapatos ao visitarmos alguém e tomamos esse como um hábito em nossa casa também. Uma atitude super simples mas também saudável e prática para o dia a dia.

[Veja essa matéria exclusiva sobre os benefícios de por os pés no chão]

Street food vegana, vegetariana e orgânica

3

Por que se sujeitar a um McDonald ou Burger king quando você tem uma oferta incrível de alimentos locais, mais saudáveis, mais sustentáveis e de quebra, uma delícia?

Berlim é famosa tanto pela variedade quanto pelos preços razoáveis, comparando com restaurantes de outras capitais da Europa, e a cidade vai te deixar sem desculpas para não experimentar algo diferente, variado e super em conta. Berlim oferece em cada esquina uma opção de alimentação responsável. Você, definitivamente, não precisa ser um adepto do veganismo para experimentar e garantimos que você se sentirá satisfeito de corpo e alma por provar algo diferente e aprender mais sobre esse tipo de comida.

[aprenda a fazer brotos e germinados de grãos]

Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo

Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

2 Comentários

Deixe uma resposta

Junte-se a nós! Receba inspirações para uma vida mais leve no seu email.

Siga-nos