ReflexõesSaúdeVida Natural

21 Benefícios de se viver com menos

1

Querer cada vez mais é um modelo quebrado. Não está funcionando. Mais posses materiais, além de um certo ponto, é apenas mais coisas que temos que gerenciar. Mais dinheiro, além de um certo ponto, não equivale, necessariamente, a mais felicidade.

É claro, “mais” nem sempre é a resposta que buscamos.

Isso nos leva a menos. Mas precisamos reduzir para uma quantidade que é o suficiente para cada indivíduo. Nem todos nós estaremos felizes com o mesmo número de coisas. Então, nós começamos a chegar na nossa própria versão de menos e depois a vivemos. Quando fazemos isso, podemos começar a experimentar alguns dos seguintes benefícios em nossas vidas.

1) Menos coisas, mais leveza

Posses materiais precisam ser gerenciadas. Elas precisam de algum lugar para serem armazenadas. Elas podem precisar de manutenção regular. Muitas coisas podem começar a nos pesar.

2) Mais escolhas e liberdade

Menos coisas e desordem em nossas vidas nos libertam. Temos mais liberdade e podemos fazer escolhas que vão de encontro com nosso estilo de vida ideal.

3) Querer menos o mais e mais

Saber quando é suficiente significa sair de um ciclo sem fim de querer sempre mais.

4) Mais contente com o que já temos

Ao escolher ficar apenas com o necessário, começamos a dar valor ao pouco que temos. Assim, ficamos felizes por ter aquelas poucas coisas para administrar e cuidar.

Ser menos

5) Menos arrependimento

O arrependimento é uma emoção desperdiçada e tóxica. Viver com menos em nossas vidas pode significar que temos menos motivos para sentir arrependimento.

Leia mais: 10 Presentes que só o desapego pode te dar

6) Mais gratidão

Já temos muito em nossas vidas para as quais devemos agradecer. Isso pode passar se não tirarmos um tempo para criar o hábito de gratidão.

7) Menos comparação, apenas ser

Quando sabemos o que é suficiente para nós, nos preocupamos menos com a manutenção e a comparação. Nós não julgamos os outros por querer mais, mas igualmente sabemos que estamos felizes com o suficiente.

8) Mais dança para nossa própria música

Quando precisamos de menos, somos livres para seguir um caminho que nós mesmos criamos.

9) Menos complexidade

A vida pode complicar-se quando temos demais.

10) Mais simplicidade

A vida se torna mais simples quando queremos menos coisas, comparar menos e tentar manter menos.

simplicidade

11) Menos dívidas

Quando buscamos o menos, menos provável é que nos encontremos em dívida. Estar fora da dívida também nos dá mais liberdade de escolha e oportunidades na vida.

12) Mais economias

Gaste menos dinheiro em coisas que, realmente, não precisa pode significar mais poupanças.

13) Menos estresse

Manter o ritmo e preencher nossas vidas com mais, causa sua própria forma de estresse que, muitas vezes, pode passar despercebida.

Leia mais: Cheiro de mato tem poder curativo, diz estudo

14) Gastar com o que vale a pena

Perseguindo menos bens materiais e tendo menos compromissos em nosso dia a dia, não sendo apaixonado por querer mais, significa que temos tempo para gastar com o que temos e com pessoas que são importantes.

amizades

15) Mais espaço

Mais espaço físico, mas também mais espaço mental para respirar, refletir, focar e apenas ser.

16) Menos bens físicos

Os bens materiais que possuímos podem acabar nos possuindo se não tivermos cuidado. Seja seletivo sobre o que e quem você deixa sua vida.

17) Mais experiências de vida e aventura

Perseguir menos bens materiais deixa espaço para perseguir mais aventuras e experiências de vida.

18) Menos inveja

Quanto menos comparamos e mais temos controle em nossas vidas, deixamos a inveja de lado.

Menos é mais

19) Mais felicidade

A redução dos bens e das coisas em nossas vidas e a compreensão do que parece ser suficiente nos leva a mais felicidade. Chegamos ao cerne do que verdadeiramente canta nossos corações e procuramos encher nossas vidas com ele.

20) Menos egoísmo

Quanto menos inclinados a comparar e focar no que não temos, mais provável é que acabemos o egoísmo de nossas vidas.

21) Mais compartilhamento e devolução

Tendo a quantidade certa em nossas vidas significa que temos mais espaço para compartilhar aos outros de alguma forma. Isso pode incluir atos de bondade e generosidade.

O dimensionamento certo do menos nos leva a termos um pouco de trabalho. É preciso algum pensamento crítico. É preciso uma grande dose de honestidade sobre o que é realmente importante para nós na vida. Pode significar reprioritização. Isso também requer um grande grau de ação e esforço.

Tentamos perseguir por mais e falhamos. Talvez seja a hora de irmos em busca do menos.

Traduzido e adaptado de HuffPost

Jardim do Mundo
escrito por:Jardim do Mundo
Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

Deixe uma resposta